Venderam meia tonelada de palha italiana em menos de um ano

07 de março de 2017 por Vanessa Brollo
  Vender palha italiana é o Plano B dessa família. E como você pode perceber pelo título, sim, eles estão fazendo muito sucesso com esse Plano. Mas deixa eu te contar a história desde o começo. A Flávia Carrano Samanhoto se formou como engenheira agrônoma, mas estava com dificuldades para conseguir emprego.  A dica veio de uma tia da Flávia. Porque não vender palha italiana? Afinal há 50 anos a família tem uma receita desse doce e eles já costumavam fazer para presentear os amigos. Quando ela começou a fazer as palhas,  a crise econômica do Brasil estava no auge e atingiu em cheio o negócio do pai dela, o Mário Sérgio Smanhoto , que junto com o filho, o André Carrano Samanhoto,  tem uma empresa de construção civil. Os dois começaram a perceber que a Flávia e a mãe dela, a  Maria Cristina da Silva Carrano Samanhoto, estavam tendo muito trabalho com as palhas e resolveram ajudar. Insieme- Partiu Plano B E foi assim que a produção das palhas se tornou um negócio de família. O Mário é o principal cozinheiro, e a atividade acabou se tornando uma terapia para ele. A Maria Cristina, professora de artes aposentada, cuida das embalagens, uma mais linda que a outra.  A Flávia , que no começo saía de porta em porta para vender, hoje vende mais pelas redes sociais e o André, que é publicitário, cuida da parte de divulgação. Insieme-Partiu Plano B- Insieme- Partiu Plano B Apesar de terem vendido mais de meia tonelada de palha em menos de um ano, o Plano B ainda é um complemento de renda para a família, que agora já pensa em expansão.  Eles confessam que já tiveram altos e baixos e que é comum desanimar, mas os elogios que recebem dos clientes dão forças para que eles continuem na luta. Além disso, a produção de doces acabou fortalecendo a união da família. A Flávia, que começou com esse Plano B está feliz. “Me realizo com a palhas e acredito que posso continuar nessa  área”.         As dicas dos empresários -Em qualquer situação inovadora, o mais difícil é sair da zona de conforto, dar o primeiro passo. Altos e baixos sempre existirão, portanto, persistência é tudo. -Dê mais valor aos chamados do coração. Raramente eles falham. -Vá atrás do que realmente te energiza. Não se desgaste tentando agradar a todos. Conselhos/comentários são oportunos porém há a necessidade de filtrá-los. www.facebook.com/Insieme Palhas Italianas Insieme-Partiu Plano B
COMENTÁRIOS
Adicione um comentário
Nome:
Email:
CINTIA
20 de abril de 2017 Responder
Amei o artigo!!!Amo a palha deles...uma delícia!!
VANESSA BROLLO
21 de abril de 2017 Responder
Que bom que gostou da reportagem Cintia. Sim, a palha é maravilhosa mesmo. Att Vanessa Brollo
IRACEMA FERREIRA MORAES
30 de setembro de 2017 Responder
Amei a reportagem, uma amiga que ficou viuva quer entrar neste ramo mas ela mora em Portugal acha que daria certo
VANESSA BROLLO
30 de setembro de 2017 Responder
Que bom que gostou da reportagem Iracema!Eles têm uma bela história mesmo. Palha é tudo de bom!Boa sorte para a sua amiga! Vanessa Brollo
ROSIVALDO ARAUJO
17 de dezembro de 2017 Responder
Maravilhosa sua história, pela sua determinaçâo, voce merece vencer. Sou revendedor de doces em São Paulo e gostaria de fazer uma parceria, o que acha? Valdo
VANESSA BROLLO
18 de dezembro de 2017 Responder
Rosivaldo sou a jornalista responsável pelo blog. O contato dos empresários está no final do post ok? Att Vanessa Brollo
JULIANA CRISTINA DOS SANTOS
14 de março de 2018 Responder
Gostei muito do seu jeito de contar essa superação.Valeu muito pra mim.
VANESSA BROLLO
14 de março de 2018 Responder
Que bom Juliana que gostou. Fico feliz! Toda semana tem uma nova história no blog. Volte sempre rsrsr Beijos
TANIA
22 de setembro de 2018 Responder
Oi, gostaria de saber qual a média de preço que posso está vendendo a palha,cortei retangular
VANESSA BROLLO
24 de setembro de 2018 Responder
Olá, sou a jornalista responsável pelo blog. No final do post tem o contto dos meus entrevistados ok? Att Vanessa Brollo
LOUISE
15 de novembro de 2019 Responder
Meu nome é Louise, moro em Porto Alegre e Amei a história. é um super estímulo..para o meu plano B hobby... gratidão!!!assisti uns trinta vídeos...e fiz.. decidi fazer uma experiência..de degustação..o pessoal amou ela derrete na boca..e as pessoas comentam que eu tenho uma mão maravilhosa...e estou.. começando e amando essa nova possibilidade em minha vida!!! que eu também consiga vender a meia tonelada...kkk
VANESSA BROLLO
17 de novembro de 2019 Responder
Que legal Louise te desejo muito sucesso! Vá em frente que você chega a até 1 tonelada hein? Obrigada por ler o blog Abraços Vanessa Brollo
Comentário: X
Nome:
Email:
';