Foto: Diego Castelo

A primeira paleteria do Brasil é o Plano B de uma designer

 

Foto: Diego Castelo
Foto: Diego Castelo

E se entre você e seu Plano B ainda tiver um grande amor? Pois foi isso que aconteceu com a Elysa Barranco. É dela a ideia de abrir a primeira paleteria no Brasil, uma sorveteria de picolés mexicanos feitos normalmente de fruta e recheadas. Mas antes da história de empreendedorismo tem a história de amor.

paletas 2

Em 2008, a empresária, que é designer e trabalhava na área, foi almoçar com uma amiga em um restaurante japonês, em Curitiba. Foi quando reparou em um mexicano alto, grisalho. “Um charme”,segundo Elysa. Só percebeu que ele também tinha se encantado com ela quando foi pagar a conta que já tinha sido paga pelo cavalheiro. E foi assim, com um gesto de gentileza que começou essa história de amor.

Foto: Diego Castelo
Foto: Diego Castelo

Miguel Mendoza ( que prefere não aparecer nas fotos) era empresário do ramo imobiliário e levou a brasileira para morar com ele na Cidade do México. Foi lá que Elysa se apaixonou pelas paletas. Ela ia de paleteria em paleteria experimentando todos os sabores. E chegava a comer oito por dia! Ela disse para o marido que as paletas dariam muito certo no Brasil e pensou em abrir uma loja em Curitiba. “Muito embora Curitiba seja a capital mais fria do País, meu feeling e minha determinação feminina me disseram que daria certo”. E deu!

Foto: Diego Castelo
Foto: Diego Castelo

A primeira loja foi inaugurada em abril de 2011 e  quando começaram a se formar filas na frente da paleteria a Elysa teve certeza que tinha conquistado definitivamente os brasileiros com os picolés artesanais do México. O sorvete produzido de maneira artesanal foi ganhando sabores exclusivos. “Somos criadores de sabores consagrados como Morango com leite condensado, Paçoca e com recheio de brigadeiro mole”. Essa criatividade e o cuidado com a qualidade garantem a vende de 6 mil paletas por final de semana.

Paletas

Em quatro anos são seis  lojas, sendo duas próprias e quatro franquias, além de mais uma nova loja no litoral do Paraná, que deve ser inaugurada em breve.Com o passar dos anos e o crescimento do negócio, foi necessário expandir a fábrica, que deixou os fundos da loja e ganhou endereço próprio. Também foi necessário criar processos que permitam a linearidade do negócio, além de investir em tecnologia, treinamento e comunicação para franqueados. “Em momentos de adversidade, como agora, paramos replanejamos e continuamos investindo para garantir a evolução e manter a qualidade que nos tornou referência no mercado”, diz a empreendedora.

Paletas 1 valendo

A Elysa não imaginava, mas acabou criando moda. Hoje as paleterias são uma febre no Brasil e com isso aumentou a concorrência, claro. “Várias vezes tive que repensar o negócio e o planejamento. Criamos novos sabores, implantamos as coberturas, e somos ainda mais exigentes com nossos franqueados, pois queremos sempre estar nivelados por cima, perpetuando o sabor e a cultura tipicamente mexicanos”

 

As dicas da Elysa

-Tenha uma boa ideia e acredite nela com amor e dedicação. Esteja cercado de pessoas competentes, ofereça o que há de melhor, proporcione uma experiência nova, invista na criatividade, não fique estagnado e consuma o seu produto.

– Escolha parceiros, colaboradores e franqueados que pensem como você. Para o negócio crescer, precisamos caminhar sempre juntos!

– Invista em treinamento, tecnologia e comunicação

 

www.paleteria.com.br

4 comentários sobre “A primeira paleteria do Brasil é o Plano B de uma designer

  1. Elysa querida!
    Suas paletas sao deliciosas mesmo.
    Uma vez em Morretes paramos o carro e eramos quatro adultos e duas crianças
    Comemos 36 de uma vez só.
    Beijo querida.

  2. Olá,
    Sou do RJ e gostei muito da idéia em vender paletas, mas a principio seria de forma artesanal. Gostaria de saber, se isto é possível e como consigo adquirir a forma para fazê-las?
    Abraço.

    Angelo Senna
    Bangu – RJ

    • Olá Angelo, sou a jornalista responsável pelo blog. Para essas informações técnicas você teria que entrar em contato com a minha entrevistada, no final do post tem o contato dela ok? Mas acho que na própria internet você consegue receitas de paletas.

      Obrigada pela visita ao blog e boa sorte

Deixe um comentário