Que absurdo foto

Teatro em formato digital é a proposta de produtores paranaenses durante a pandemia

Saudade de ir ao teatro né minha filha? Com teatros fechados por conta da pandemia e ainda sem nenhuma expectativa de retorno, produtores e artistas estão precisando se reinventar. E se está todo mundo na internet, produtores paranaenses tiveram a ideia de levar o teatro também  para o mundo online . A peça, Que absurdo!, fez sua pré estreia no Youtube no dia 7 de agosto e já teve uma boa repercussão.

O Projeto é resultado da parceria da CL Produções com a TP Produções. QUE ABSURDO! é um monólogo escrito e dirigido pelo jornalista, produtor cultural Cicero Lira e interpretado por ThadeuPeronne. Que absurdo!, conta a história de um artista que está isolado e recebe uma visita inesperada. Durante este encontro, ele faz revelações sobre seu passado e reavalia a carreira que está em crise. O diretor explica que, por causa do isolamento social, os ensaios com o ator foram realizados virtualmente, assim como parte do processo de concepção artística e produção. “Estamos nos adaptando a essa nova realidade. Algumas produções virtuais como o teatro feito em casa já estão acontecendo. Estamos aprendendo com esse processo híbrido”. Para o ator Thadeu Peronne, a cena cultural está passando por um momento complexo, mas a arte resiste. “Alguns grupos de teatro no país e no exterior já estão propondo novos formatos. Apesar da crise que enfrentamos, tenho visto projetos bastante interessantes”.

Que absurdo foto 1

Segundo Cícero Lira, o universo digital abre uma porta sem fim para a produção cultural, inclusive apontando nova forma de modelo de produção e divulgação. “Estivemos com casa lotada – uma licença poética, claro – pois o público do Youtube é ilimitado. E pela primeira vez – pelo alcance da plataforma – a nossa pré-estreia não foi somente para Curitiba, nem ao menos nacional. Modéstias à parte, ela foi mundial”.

Com esse novo formato muda a comunicação, a produção e a forma de se conectar com o espectador: “Nosso desafio é usar as ferramentas do marketing digital para atrair esse público que, neste momento, está  consumindo  mais produtos online”.

E os produtores do Paraná acabaram criando um modelo de negócio dentro do Youtube porque estão cobrando ingresso para as apresentações. “Para nossa felicidade as pessoas estão sim pagando para assistir a peça, o que demonstra que existe um grande público carente de produtos de alta qualidade tanto artística quanto técnica”.

Depois de uma pré-estreia de sucesso, a peça estreia oficialmente no dia 29 de agosto. Os ingressos podem ser adquiridos pela plataforma Sympla com valores a partir de R$ 10,00 (meia-entrada) + TX de Serviços.

Basta acessar o link para obter mais informações: https://www.sympla.com.br/que-absurdo—teatro-digital-ao-vivo—nova-sessao-aberta__937307

As dicas do Cícero:

– O empreendedor cultural que não acompanhar essa mudança nos formatos, não vai avançar na sua profissão.

-É preciso estar ciente que o teatro não vai morrer, mas vai ser híbrido entre teatro, cinema e televisão.

– Artistas e produtores precisam entender dessas novas tecnologias para poder criar novas propostas e novos negócios.

Cicero Lira Dir. CL Produções

(41) 99971 3926

cicerolira@gmail.com

Canal Youtube: CLProducoes Digital    

Deixe um comentário