Bons negócios com sucos funcionais

17 de janeiro de 2015 por Vanessa Brollo

Você com certeza já ouviu falar de sucos funcionais e sim, eles têm se tornado uma opção de negócio. Mas antes de falar dos sucos eu quero te mostrar que não existe desculpa de falta de tempo para empreender. Veja o caso da Anna Roberta Muffone. Ela é nutricionista, estuda Direito e fez um curso de florista. Um hobby que ela pensou seriamente em transformar em negócio. Até desenvolveu marca, site, embalagens, mas não, a floricultura não é o Plano B da Anna. Em outubro de 2014 ela decidiu fazer em casa um suco verde, um pouco mais concentrado, para a mãe dela, a Rosa Cabral. Resolveu  postar as fotos dos sucos  nas redes sociais, falando sobre os bons resultados do suco para o organismo. E pronto!  Os amigos começaram a encomendar. Só que ela não tinha pensado em vender. Como foram muitos os pedidos, a Anna Partiu Plano B com sucos funcionais. suco detox-valendoA empreendedora teve que entrar em ação rapidinho. Procurou um fornecedor de orgânicos, comprou liquidificador industrial, geladeira e adaptou todos os novos equipamentos na cozinha de casa. Logo na primeira semana ela diz que não dormiu para dar conta das encomendas. No primeiro mês vendeu 1.600 sucos. Lembrando que a Anna continuou atendendo no consultório e frequentando as aulas de Direito. A produção era da meia noite às 2 ou 4 da manhã. Você ainda acha que está sem tempo?

 Anna suco-valendo A Anna, que tinha feito  um planejamento detalhado para abrir a floricultura, projeto que está arquivado por um tempo, acabou tendo que fazer o caminho contrário com os sucos. Eles já começaram vendendo super bem e só depois ela conseguiu se organizar.

 Pelas redes sociais ela foi definindo melhor o público e também reduziu a quantidade de encomendas. O limite agora  é 15 kits de suco por dia, ou seja cento e cinco garrafas. E ela tem alcançado esse limite toda semana. A mãe da Anna, que foi quem primeiro percebeu os benefícios dos sucos funcionais e que depois cedeu o espaço na cozinha, se tornou sócia e braço direito da Anna na empresa Green Fit. Anna mãe-valendo A nutricionista, futura advogada e empreendedora de sucesso já está pensando nos próximos passos. Em breve vai lançar um blend de chás funcionais e também pretende desenvolver os sucos em polpa, para atender os inúmeros pedidos que chegam também de outros Estados do Brasil.

 O suco que mais vende é o Super D.tox ( um suco verde bem concentrado) e ainda tem o Let it burn,  (para acelerar o metabolismo), o Bye Celulite ( o nome já diz tudo) e o Golden Tan (que ajuda a manter o bronzeado). Aproveitei a entrevista para saber um pouco mais sobre os sucos funcionais: Detox: Ajuda o organismo a eliminar toxinas acumuladas no corpo. Acelera o metabolismo e desincha. Esse suco tem 10 ingredientes, entre eles, abacaxi, limão, gengibre, pepino e salsão. Let it Burn: Termogênico que ajuda a acelerar o metabolismo, tem entre os ingredientes dois tipos de pimenta, canela, cúrcuma  e manga. Bye Celulite: Esse tem só ingredientes anti-inflamatórios como amoras frescas, hortelã e limão. Para ter um bom resultado, a Anna orienta que é preciso tomar muita água e reduzir o consumo de açúcar. Golden Tan: Esse suco ajuda a fixar o bronzeado e tem entre os ingredientes urucum, para garantir um bronzeado dourado e colágeno para fazer a manutenção do tônus da pele. E não, não existe milagre, nada de substituir refeição por suco. A ideia da Anna é que as pessoas comecem a se sentir melhor, mais dispostas e com isso tenham uma vida mais saudável.

As dicas da Anna:

- Não tenha medo de arriscar. Sempre vai ter o risco financeiro, o risco de alterar a sua rotina. Eu por exemplo trabalho de madrugada na produção dos sucos. -Arrisque-se, mas calcule tudo. Tudo o que vai na produção é gasto. Coloque tudo em planilhas e faça metas progressivas para o futuro. Tem que saber se o negócios está se pagando. -Saiba quem é o seu público. No meu caso, pelas redes sociais eu percebi que são as mulheres, por isso sei que devo focar nesse público na hora de fazer uma divulgação.  

www.facebook.com/greenfit 

   

COMENTÁRIOS
Adicione um comentário
Nome:
Email:
FERNANDA
18 de janeiro de 2015 Responder
Nossa, que fotos maravilhosas e que bom gosto que ela tem pra os materiais! As dicas também são valiosas, porque realmente não adianta começar sem uma reserva financeira e o acabamento é tudo, porque conheço várias amigas artesãs que vendem coisas, mas nunca comprei porque não gostei do acabamento. Achei esta história inspiradora, como sempre. Obrigada por compartilhar. Beijos!!
VANESSA BROLLO
19 de janeiro de 2015 Responder
Então Fernanda, cada vez mais tenho certeza que é preciso ter muito planejamento antes de Partir Plano B e a questão do acabamento é essencial. Também evito comprar quando percebo que o produto foi feito de qualquer jeito. Beijos e obrigada pela visita.
ROSANE SVISTALSKI
15 de maio de 2015 Responder
Nossa, é bem o que eu penso! Gosto de ser nutricionista, estou me organizando e pretendo trabalhar todas as manhãs com cozinha e à tarde me dedicar a criação das coisas que amo. Não gosto de repetição, gosto de criar!!!! Às vezes estou na cozinha com a cabeça nos tecidos!!!! Me identifiquei com ela!!!! Parabéns pela coragem e pelas lindas criações!
VANESSA BROLLO
15 de maio de 2015 Responder
Rosane querida dou a maior força. Acho que você consegue sim continuar como nutricionista de tarde e de manhã se dedicar ao artesanato. Tudo é mesmo uma questão de organização e de persistência. Também soo fã do trabalho da Sara. Beijos e obrigada pela visita
Comentário: X
Nome:
Email:
';