A paixão por Paris ajudou a doutoranda em genética a encontrar um Plano B

A paixão por Paris ajudou a doutoranda em genética a encontrar um Plano B

Já estava escrito no diário da Daniela Santos, quando ela tinha onze anos: Coisas para fazer em Paris!!!! Nessa época a bailarina, cheia de sonhos, morava em Belém, no Pará, e convenceu os pais a se mudarem para o Sul porque queria fazer ballet na escola do Bolshoi, em Joinville. Acabou deixando a dança de … Leia mais…