Para abrir um e-commerce com roupas para meninos, ela deixou a estabilidade do serviço público

Para abrir um e-commerce com roupas para meninos, ela deixou a estabilidade do serviço público

Vender roupas só para meninos foi a ideia da  Mariana Gevaerd para se diferenciar no mercado. “Resolvi escolher um nicho de mercado, onde há maior possibilidade de expansão, além de ter mais afinidade com o universo masculino”. Mas até colocar a ideia em prática ela precisou tomar uma difícil decisão. A Mariana trabalhava em uma … Leia mais…

Deixou a estabilidade do serviço público e um salário de R$ 7 mil para abrir uma clínica de estética  

Deixou a estabilidade do serviço público e um salário de R$ 7 mil para abrir uma clínica de estética  

Aos 26 anos Mariane De Chiara ganhava R$ 7 mil de salário e  já tinha estabilidade como enfermeira concursada do atendimento público de São Paulo. Mas nem toda essa estabilidade e segurança foi capaz de evitar que ela desenvolvesse uma depressão e uma das causas foi conviver com a precariedade do serviço público de saúde. Por … Leia mais…