A advogada decidiu pela confeitaria para ser mais feliz

A advogada decidiu pela confeitaria para ser mais feliz

A Roberta Schwanke sempre foi apaixonada por  confeitaria. Aos 12 anos já fazia trufas para vender para amigos e familiares , depois bolos, brigadeiros, bombons. Ela já tinha certeza que queria muito trabalhar com confeitaria, mas mesmo assim, aos 17 anos, começou a faculdade de Direito. Se tornou advogada, fez  duas pós graduações e começou … Leia mais…

Depois de ganhar uma  promoção na área de marketing, ela decidiu sair para abrir uma empresa de bolos

Depois de ganhar uma  promoção na área de marketing, ela decidiu sair para abrir uma empresa de bolos

A publicitária Cassiana Kalache Sebben trabalhava no marketing da empresa O Boticário quando começou a fazer bolos e doces como passatempo. Primeiro para a família, depois para os amigos e começou a receber encomendas. Se apaixonou pelo mundo da confeitaria, fez cursos e foi levando em paralelo as duas atividades. Enquanto muita gente se assustava … Leia mais…

A dentista que faz cupcakes prova que é possível amar duas profissões

A dentista que faz cupcakes prova que é possível amar duas profissões

Sim,mais um post com fotos de dar água na boca. E mais uma história que vai inspirar você que está pensando em mudar de ramo, mas que tem muitas dúvidas. Já pensou em simplesmente não mudar e ter duas profissões? A Ana Torricilas é a melhor prova de que sim, é possível ter duas atividades, … Leia mais…

A fonoaudióloga que faz bolos lindos de ver e de comer

A fonoaudióloga que faz bolos lindos de ver e de comer

Confesso que o que primeiro me chamou a atenção foi a beleza dos bolos, que são lindos demais, como vocês podem ver. Depois fui conhecer melhor a história da Daniela Teixeira de Freitas Chrisótomo. Ela é fonoaudióloga, e diz que essa profissão completa a sua alma. Mas então porque um Plano B? “A alma se … Leia mais…