Josie

Ela deixou o serviço público para trabalhar em casa

Muita gente sonha em fazer concurso, conseguir uma vaga no serviço público e ter uma vida financeira estável e tranquila. A Josie Conti pensava assim. Depois de estudar muito, ela passou em um concurso e foi atuar como psicóloga em uma cidade do interior de São Paulo e foi direcionada para a área de saúde do trabalhador. Apesar de gostar do que fazia, o baixo salário obrigou a Josie a ter um segundo emprego. Além disso, depois de um tempo ela acabou sendo transferida para um setor com o qual não se identificava. Enquanto isso, como hobby, a Josie criou uma página no Facebook para trocar ideias com outras pessoas sobre literatura e poesia.

Conti outra

No trabalho ela estava infeliz, e simplesmente não tinha mais vontade de atender os pacientes. A certeza de que não queria continuar a lidar com uma gestão política que ia totalmente contra seus princípios e valores e o apoio da família deram coragem para a Josie pedir demissão.A menina bonita da foto é a sobrinha, Ana Carolina.

Leia também: Ela era executiva e agora é palhaça

Leia também: Ela vendia roupas de luxo e agora é pipoqueira

 

josie e sobrinha

Mas o mais importante, segundo ela, foi ter um Plano B em execução. Veja AQUI algumas dicas para você que sonha em se tornar empresário. Voltando para a Josie, a página do Facebook já existia há cerca de 2 anos e com muito trabalho e dedicação vinha atingindo números consideráveis de fãs. O site surgiu como consequência da página e  é administrado em parceria com um engenheiro português que cuida de toda a parte técnica. Hoje o CONTI outra é um site  que fala de literatura, poesia, psicologia e, segundo a Josie, mantém o objetivo de apresentar informações que fazem pensar, sentir e crescer. A renda da Josie vem da publicidade. A partir do momento que saiu do serviço público, a psicóloga se tornou redatora chefe e começou a trabalhar em tempo integral no site. “Não existe nenhuma fórmula mágica, o trabalho é realizado em longas jornadas e existe toda uma logística de produção e veiculação de conteúdo. A diferença? Eu amo o que faço!”

 As dicas da Josie

– NUNCA, jamais tenha medo de abandonar um trabalho que adoece. A sanidade mental vale mais do que qualquer salário do mundo.

– É muito importante ter um hobby que possa ser transformado em fonte de renda. Nossa vida nunca deve se resumir a uma única opção

-Trabalhar assim permite que sejamos nossos próprios chefes, mas exige muita disciplina pessoal.

-Hoje eu acordo tarde e vou passear com o cachorro, mas depois trabalho até quase meia noite. Esse é meu jeito, mas poderia ser diferente.

WWW.CONTIOUTRA.COM

14 comentários sobre “Ela deixou o serviço público para trabalhar em casa

  1. Nossaa que emoção rsrs conheci o Blog através de um curso e estou visitando hoje pela primeira vez, curiosamente eu PARTI PLANO B a exatos 11 meses 🙂 deixei um cargo de gerência em uma empresa de médio porte (14 anos) e hoje faço bonecas de pano <3

  2. Muito legal o que vc fez foram escolhas sábias faço curso de letras e neste semestre do qual acabei de encerrar, estudei bastante literatura e esses autores q vc menciona! gostaria de trabalhar pela internet nas férias mas não sei como ainda!?

    • Olá Cláudia,veja que a Josie percorreu um longo caminho até conseguir realmente ganhar dinheiro com o site dela. Assim como em qualquer negócio é preciso ter muito planejamento e paciência. Entre no site da Josie e visite sempre o meu blog. Certamente uma ideia vai te inspirar.
      Boa sorte!

  3. Olá!!! Gostaria muito de ter essa coragem… Também sou funcionária pública e insatisfeita com meu trabalho. Mas como tenho filhos pequenos que dependem de mim, não me vejo no direito de jogar tudo para o alto. Tenho muito medo que passem necessidade por uma loucura minha…
    Que bom que a Josie conseguiu!
    Beijos!!

    • Oi Soraya, tudo tem a hora certa, com dois filhos pequenos e com essa crise confesso que também não teria coragem. Mas você pode começar uma mudança aos poucos, que sabe descobrir algo que goste de fazer como artesanato ou culinária…Você viu que a Josie se planejou antes de tomar a decisão final. Boa sorte pra você e obrigada pela visita ao blog.
      Beijos

  4. Oi!!!Adorei a sua história,sou psicologa e atendo em consultório e ministro aulas,adoro o que faço ,mas o que realmente eu queria era transformar meu hobby de escrever sobre filmes,séries e televisão para adolescentes,não sei como fazer disso um negocio,não me vejo com “youtuber”,nada contra,mas esse formato já ta chato,queria uma dica sua,de como compartilhar essa ideia com as outras pessoas.
    Te desejo muito sucesso pela sua coragem,
    prazer em te conhecer!
    bjos

    • Oi Izabela, sou a jornalista responsável pelo blog. Para esse post você tem que entrar em contato com a Josie, que foi quem eu entrevistei para contar essa história. O contato dela está no final da matéria tá?

      Sucesso pra você e obrigada pela visita ao blog

  5. Parabéns pelo blog!!!
    Sou leitora assídua do Conti Outra e acabei descobrindo seu blog através dele!
    Sou concursada e trabalho com algo que não suporto mais, estou pensando em mil possibilidades de largar tudo e viver de algo que eu ame, pq com certeza nossa felicidade e bem estar não têm preço! Sucesso e obrigada!!!!

    • Oi Cristiane que legal que descobriu o meu blog rsrs. Sou fã do COnti Outra também! Nossa, imagino a sua ansiedade nesse momento, mas calma, tem que pensar bem antes de tomar uma decisão, mas vá pensando mesmo no seu Plano B. A história da Josi certamente te inspirou.
      Sucesso para nós
      Beijos
      Vanessa Brollo

  6. Adorei! Estou criando coragem para partir para o plano B também. Sou advogada de formação, mas nunca achei que esse fosse meu verdadeiro dom. Gosto de coisas bonitas, alegres, vibe positiva e a Justiça no Brasil atualmente está distante disso. Espero que um dia possa dividir minha experiência que deu certo aqui!!

Deixe um comentário