Dizer não 1

Saber falar Não pode ajudar você empreendedor, além de ser libertador

Já percebeu quantas vezes a gente aceita um trabalho ou uma encomenda só porque não sabe falar não? Se identificou? Eu vou contar pra vocês a história da minha mãe, ela se chama Lilian Irani Marchi de Paula ( é essa jovem senhora da foto acima). Ela é uma costureira daquelas de “mão cheia”. Durante muito tempo ela fez roupas sob medida, mas com o tempo começou a aumentar a procura por reformas e pequenos ajustes, serviços que ela faz mais rápido e com os quais tem possibilidade de ganhar mais. Ela continuava a fazer algumas roupas sob medida, só que a confecção de roupas começou a dar muito mais trabalho. E não porque não goste de fazer, a dona Lilian  ama costurar, mas os clientes começaram a demorar para fazer a prova, depois para pegar a roupa…. Ou seja, ela demorava também para receber o pagamento pelo trabalho.

Eu que chamei a atenção dela: DIGA NÃO!

“Mas filha é para a neta da fulana, para a sobrinha da vizinha, etc, etc”. Enfim, ela começou a falar não, com delicadeza claro, explicando que ela só faz ajustes e reformas. Pronto! O dia a dia dela ficou mais leve. Agora está focando em ajustes e reformas, em colocar zíper, fazer barra, serviços que faz rapidinho. Clientes felizes e costureira produtiva.

E você? Já sabe falar não?  Sabe negar uma encomenda quando está cheia de coisas para fazer? Tem que negar !É difícil, mas  tem que ser um exercício diário.  Tem que dizer não, senão sabe o que acontece? Você sofre ! O trabalho fica mais difícil e daí quando você perde a vontade e começa a fazer tudo por obrigação até a qualidade do que você faz diminui. E claro que essa dica também vale para todas as áreas da sua vida. Dizer não pode ser libertador!!! Faça um exercício !Experimenta e depois me conta qual é a sensação, tenho certeza que vai ser de alívio.

Deixe um comentário