Sabrina Ghignone- PArtiu Plano B

A psicopedagoga transformou a paixão por bolos e doces em profissão

A Sabrina Ghignone trabalhou mais de 10 anos como psicopedagoga. Ela decidiu parar porque não estava mais satisfeita com a profissão e achava que precisava ter novas experiências. Desde pequena ela sempre gostou de fazer doces. “Nas festas de família eu sempre ficava encarregada de levar algum doce, alguma sobremesa”. E o que era um hobby acabou se transformando em opção de negócio. A Sabrina sabia que só a paixão não seria suficiente para começar uma nova profissão e por isso foi atrás de qualificação. Se inscreveu em um curso de Chef Patissier e mesmo antes de terminar, já estava fazendo o planejamento para abrir um ateliê de doces.
Sabrina Ghignone- Partiu Plano B-1

Na hora de escolher um nome, ela se lembrou de uma outra paixão, o ballet clássico. Assim nasceu o Atelier A Bailarina Doçaria. “O meu ateliê tem a minha cara em todo os detalhes, desde a identidade visual, passando pela decoração e , claro, na personalização das encomendas.

Sabrina Ghignone- Partiu Plano B-2

O ateliê não é aberto ao público, ela atende só por encomenda porque o objetivo  é fazer bolos totalmente artesanais e personalizados.  “Desde a massa, o recheio até o acabamento. A ideia  é sempre superar as expectativas tanto visual quanto de sabor de quem degusta os bolos” . Por semana são mais de dez bolos . O ateliê acaba de completar  dois anos e a Sabrina  está feliz e realizada. “Sem dúvida nenhuma sou bem mais feliz agora. Se soubesse que transformar um hobby em profissão me faria tão realizada teria tomado essa decisão bem mais cedo”.

As dicas da Sabrina

Muito estudo

Dedicação

Empregar sua identidade naquilo que faz !

 https://www.facebook.com/abailarinadocaria

 

Um comentário sobre “A psicopedagoga transformou a paixão por bolos e doces em profissão

Deixe um comentário