Pequeno João- Partiu Plano B

Para abrir um e-commerce com roupas para meninos, ela deixou a estabilidade do serviço público

Vender roupas só para meninos foi a ideia da  Mariana Gevaerd para se diferenciar no mercado. “Resolvi escolher um nicho de mercado, onde há maior possibilidade de expansão, além de ter mais afinidade com o universo masculino”. Mas até colocar a ideia em prática ela precisou tomar uma difícil decisão. A Mariana trabalhava em uma empresa do governo, era concursada. Mas ao voltar da licença maternidade percebeu que aquele emprego não fazia mais sentido para ela, além de não poder estar com o filho em momentos importantes. Quando ele tinha quase um ano ela saiu da empresa e começou a pensar em um Plano B! Se decidiu pela loja online com roupas para meninos. Ficou um ano planejando, pesquisou o mercado e começou. Mas o caminho do sucesso não seria fácil, a Mariana se separou, a sócia que tinha saiu do negócio, ela se mudou duas vezes e ainda teve dois carros roubados. “Coisas que me desmotivaram e me fizeram pensar em desistir várias vezes. Mas quando amamos o que fazemos, os obstáculos vem para fortalecer. Além disso considero a loja como um filho e não desistimos de um filho”.

Pequeno João-Partiu Plano B

Para conseguir administrar a rotina de mãe e empresária, a Mariana agradece a rede de apoio que tem como a escola, a mãe, irmãos, amigas e o pai do filho . “Acho essencial essa rede de apoio, pois em vários momentos não podemos levar a criança junto, em uma reunião, na casa da cliente, nas feiras. São situações que exigem um profissionalismo e atenção. Também acredito que na vida não fazemos nada sozinhos, de alguma forma sempre tem alguém nos ajudando, ensinando e no empreendedorismo não seria diferente”. A loja da Mariana é um sucesso e mesmo assim  ela não pretende abrir uma loja física, só participar eventualmente de feiras para tornar a loja mais conhecida. “Minha ideia sempre foi fortalecer o e-commerce cada vez mais. Para os próximos anos estamos planejando começar a fabricar peças próprias e aumentar a participação em feiras pelo Brasil”.

As dicas da Mariana

-Faça um planejamento detalhado, pesquise concorrência, mercado, preços, fornecedores, faça um plano de negócios. Tudo isso baseia como seu negócio vai reagir ao longo dos anos.

– Converse com os outros empreendedores. É incrível o quanto podemos aprender com um simples bate-papo, trocar informações, fazer parcerias, além de surgirem ótimas amizades.

– Não desista no começo, muitas adversidades surgem para todos, mas os resultados só são colhidos a longo prazo. As pessoas de sucesso que conheço, passaram e passam pelas mesmas dificuldades que eu, mas elas não desistiram e hoje colhem os frutos.

 www.pequenojoao.com.br

 

Deixe um comentário