Boleria Londrinense- Partiu Plano B

O  jovem que começou uma fábrica de brownies com R$ 15,00

Fazer brownies e bolos em geral sempre foi um hobby na vida do Carlos Henrique Farias, o Caíque. Depois de trabalhar por alguns anos repondo mercadorias em um supermercado, ele foi demitido. Estava há um ano desempregado e com dificuldade para conseguir emprego na área,  quando decidiu pegar R$ 15,00 que tinha no bolso para comprar alguns ingredientes. Farinha açúcar, ovos e fubá.

Boleria Londrinense -Partiu Plano B- 3

O bolo simples foi o início de uma história de sucesso. Caíque se apaixonou  pela confeitaria e em especial pelo brownie, fez vários cursos na área e criou receitas próprias, tudo na cozinha de casa. A empresa foi crescendo e ele construiu sua própria cozinha industrial. Hoje, a Boleria passou a ser a Fábrica de Brownies.

Boleria Londrinense- Partiu Plano B-2

O hobby acabou se tornando o Plano B na vida desse jovem que já está há 4 anos no mercado. Ele vende mais de mil brownies por semana , por mês chega a produzir meia tonelada do bolinho de chocolate. Ele comercializa o que produz em pontos de vendas como posto de gasolina, padarias, mercados , salões de beleza e cantinas de escola, além das vendas pela internet.

O que o Caíque considera essencial para quem quer empreender:

– Visão

– Coragem

-Competência

(43) 99608-5741

www.facebook.com/BoleriaLondrinense

Boleria Londrinense- Partiu Plano B- 4

Deixe um comentário