Felix Calderaro- Partiu Plano B

O jornalista continua contando histórias, mas histórias de amor como celebrante de casamentos

Profissionalmente o Felix Calderaro sempre foi um contador de histórias. O jornalista trabalhou como repórter, apresentador, locutor e é mestre de cerimônias em eventos corporativos e sociais. Mas há quatro anos  recebeu um convite que não teve como recusar: contar uma história de amor. Um casal de amigos ia se casar e pediu para que ele fizesse a celebração. “O casamento de dois amigos-irmãos, compadres, colocou-me frente a frente, pela primeira vez, com o desafio de contar uma história de amor”. A ideia, segundo Felix, era fazer um brinde estilo padrinho de comédia romântica americana. E assim ele fez, contando histórias engraçadas dos noivos e falando de momentos marcantes que viveram.

Felix Calderaro- Partiu Plano B

No meio da festa uma convidada do casal já perguntou se ele faria o casamento dela.

“O momento que eu vivi naquela primeira experiência, naquele brinde, foram tão gostosos, cheios de choro e de riso, que eu resolvi sentir aquilo de novo”.

Mas antes  conversou com noivos, parentes e amigos para conhecer a história do casal. E neste casamento três pessoas pediram o cartão do Félix porque queriam contratá-lo  como celebrante. Ele não tinha nem cartão, mas percebeu que existia uma demanda para esse formato de cerimônia.

O Felix  estava contando as histórias dos casais em forma de crônica e se apresentava utilizando técnicas de jornalismo, televisão e apresentação ao vivo.

“Foi a primeira vez que senti paixão por outra coisa que não fosse o jornalismo. E talvez isso tenha me feito mudar o olhar e, aí sim, passar a enxergar uma forma de trabalhar”.

Foram 13 meses até que  pedisse demissão do último emprego que teve como jornalista e assumisse o papel de empresário do setor  de casamentos. Desde fevereiro de 2015 até agora já foram 143 cerimônias  e até abril de 2020 já tem mais 48 contratos para realizar . A esposa do Felix  Partiu Plano B junto com ele e hoje administra todo o negócio e gerencia contratos que são independente do trabalho do celebrante, uma vez que eles também contratam profissionais para atender os clientes de uma forma mais global e não só com os serviços do Felix.

Felix Calderaro- Partiu Plano B

As histórias de amor emocionam noivos, convidados e o próprio celebrante. Uma dessas histórias é a do casal Joelynton e Laís. O Félix conheceu os dois quando trabalhava como jornalista.  Os dois têm Síndrome de Down e se casaram há alguns anos em uma cerimônia muito simples. Quando participou de um grupo de profissionais e fornecedores do setor de casamentos para realizar uma cerimônia social, onde todos os produtos e serviços foram doados em prol da causa, ele não teve dúvidas de que ajudaria o casal a ter um casamento de príncipe e de princesa. “Realizamos a cerimônia, com absolutamente todos os detalhes que eles sonharam, numa super produção de casamento”.

As dicas do Felix:  

-Digo a todos os meus amigos que a sua grande ideia de negócio é como uma piscina de água gelada que você tem pela frente em um dia muito quente. Não adianta molhar apenas os pés. Isso vai apenas fazer aumentar a sensação de que o frio da piscina é demais pra você. O jeito é se jogar! O choque inicial pode ser grande mas em alguns minutos o que resta é a sensação boa de se refrescar.

-Pra quem sonha empreender eu recomendo reflexão, planejamento e um desenho muito real da situação. A partir daí é muita, muita ação e a mais absoluta dedicação.

www.felixcalderaro.com

Felix Calderaro- Partiu Plano B

2 comentários sobre “O jornalista continua contando histórias, mas histórias de amor como celebrante de casamentos

  1. Félix é meu amigo pessoal de longa data e um profissional absolutamente inspirador. Ainda fará a celebração do meu casamento, faço votos!! rs Parabéns Calderaro, que sua luz continue iluminando a vida de tantos casais, organizações e cerimônias corporativas!!

Deixe um comentário