Edson Maciel- Partiu Plano

O futebol, que sempre foi uma paixão, se tornou o Plano B desse ex-atleta

O Edson Maciel jogava  futebol desde menino. E ainda criança já treinava no Coritiba. Ele começou a se destacar no infantil, depois no juvenil.

Edson Maciel- Partiu Plano B

Quando estava com 20 anos, já  como profissional, teve cinco convulsões,  era um ataque epilético. “Fui parar no hospital com o rosto todo machucado e com a certeza que a minha carreira estava comprometida. O sonho de me tornar um atleta de ponta veio por água abaixo”. O Edson ainda jogou  mais dois anos como profissional em times do interior do Paraná, mas não conseguiu dar a volta por cima.

Edson Maciel- Partiu Plano B

Ele me disse que foram momentos bem difíceis , mas com o apoio da esposa, a Rosangela, ele seguiu em frente .

Edson Maciel- Partiu Plano B

Formado em educação física, precisava de um Plano B  na sua vida profissional. Decidiu trabalhar com iniciação esportiva para crianças e abriu uma escola de futebol . No início eram 25 alunos. Hoje o Edson atende 250 crianças e jovens por semana.

Edson Maciel- Partiu Plano B

Ele ainda  usa o talento como atleta e professor para ajudar crianças de projetos sociais como do Instituto Zygmunt Felinski e do Projeto Eco Bola Essencis Soluções Ambientais, que atende crianças  da periferia de Curitiba.O Edson também criou um campeonato de futebol, o Copa Italicus ,  que é considerado o maior de Curitiba e Região Metropolitana. Este campeonato movimenta cerca de 20 instituições esportivas e cerca de 4 mil crianças e jovens. “Quando eles estão focados no futebol, praticando esporte, ficam longe das drogas e das más companhias”.

Edson Maciel - Partiu Plano B

Hoje o Edson se considera um empreendedor de sucesso e um campeão na vida e  diz que só tem que agradecer. “Agradeço a Deus o momentos difíceis que me fizeram uma pessoa melhor, agradeço minha mãe e meu pai pelo amor e pela educação que me deram. E agradeço a minha esposa guerreira e amiga que sempre esteve comigo,meus filhos, razão de tudo, e amigos e irmãos que acompanharam minha história de superação.”

As dicas do Edson

-Amar o próximo como a ti mesmo, saber se colocar no lugar do outro, respeitar as diferenças de cada um que te procura.

-Um empreendedor quando é solicitado é para resolver algum tipo de situação ou problema, seja luz na vida das pessoas.

-Fazer o bem sempre, ser gentil e amável dedicado proativo e estar pronto para tudo e para todos .A sua alegria e autoestima elevada contagiam as pessoas.

www. copaitalicus.webnode.com

facebook.com/ Instituto São Zygmunt Felinski II

Um comentário sobre “O futebol, que sempre foi uma paixão, se tornou o Plano B desse ex-atleta

Deixe um comentário