emagrecer. decisão de ano novo, tudo é possível

Exemplos de mudanças radicais para inspirar e dicas para ajudar

Essa é a melhor época do ano para se pensar em mudanças radicais de vida. A chegada de um novo ano nos enche de esperança e nos faz acreditar que tudo é possível. E quer saber? Tudo é possível mesmo. Depende de você!

possível valendo

 

O sonho é emagrecer? Não, não existe milagre. Não vai dar pra perder 5 quilos por semana, mas com uma reeducação alimentar e exercícios físicos você vai conseguir perder peso aos poucos. Pronto! Então é possível! Cito esse exemplo porque é uma das promessas mais comuns em todo início de ano, mas vale para tudo, para mudar as atitudes no dia a dia, dar mais atenção para a família, ter a casa mais organizada, procurar um novo emprego ou mudar radicalmente de profissão. Para tudo é preciso ter persistência e principalmente acreditar. E atenção: Você tem que acreditar e não os outros. As pessoas que entrevisto para o blog e que tiveram coragem de mudar, não fizeram tudo de uma hora para outra. Algumas se planejaram, outras tinham pelo menos um sonho, uma intuição. Sim, tem que acreditar na sua intuição, naquela inspiração que vem de dentro do coração. E TODOS trabalham muito, muito mesmo.Para te ajudar eu separei algumas histórias de mudanças radicais que eu contei em 2015 e, claro, que todas têm dicas incríveis.

 

A veterinária  agora vende brigadeiro e fatura R$ 1 milhão por ano

Carol Sales valendo mesmo

É isso mesmo. A Carolina Sales é veterinária e quando estava fazendo a segunda faculdade, desta vez de medicina, decidiu vender brigadeiros para reforçar o orçamento. Os amigos foram os primeiros clientes, depois ela vendeu pela internet, até trancar a faculdade e abrir a primeira loja E sim, ela fatura mais de R$ 1 milhão por ano com brigadeiros.

As dicas da Carol

– Planejamento é a alma do negócio

– Traçar metas é essencial

– Persista  sempre

 

Ela deixou o serviço público para trabalhar em casa

Josie

Enquanto muita gente sonha com a estabilidade do serviço público, a Josie Conti realizou o sonho de passar em um concurso. Como psicóloga concursada ela poderia estar lá até agora. Só que começou a ficar infeliz e ficou até doente. Teve coragem de pedir para sair. Deixou o serviço público para trabalhar em casa em um site que criou, o Conti outra. O site traz artigos sobre literatura, poesia, psicologia e, segundo a Josie, mantém o objetivo de apresentar informações que fazem pensar, sentir e crescer. A renda da Josie vem da publicidade e ela consegue trabalhar em casa.

As dicas da Josie

– NUNCA, jamais tenha medo de abandonar um trabalho que adoece. A sanidade mental vale mais do que qualquer salário do mundo.

– É muito importante ter um hobby que possa ser transformado em fonte de renda. Nossa vida nunca deve se resumir a uma única opção

-Trabalhar assim permite que sejamos nossos próprios chefes, mas exige muita disciplina pessoal.

-Hoje eu acordo tarde e vou passear com o cachorro, mas depois trabalho até quase meia noite. Esse é meu jeito, mas poderia ser diferente.

 

O  açougueiro que agora é cabeleireiro

Alexandre valendo

E por falar em mudança radical!  O Alexandre Xavier era açougueiro,mas como tinha as tardes livres foi buscar uma nova opção de renda. Acabou fazendo um curso de cabeleireiro, até porque sabia que o setor de serviços  estava em crescimento. Se tornou um  especialista em escova definitiva e hoje atende mulheres de todo o Brasil no salão dele, em Curitiba.

 

As dicas do Alexandre

-Não abra um salão de beleza para depender dos outros. Aqui no meu salão eu sou a principal mão de obra, assim não perco as rédeas do negócio, lembre que você vai trabalhar com profissionais autônomos.

-Se informe ao máximo antes de abrir qualquer negócio, estude o mercado, avalie se seu produto ou serviço vai ter um preço competitivo e escolha muito bem  a localização do ponto.

-O seu serviço ou produto é o seu  carro chefe. Faça o melhor e tenha paciência porque um vai falar pro outro e uma hora vai dar certo. No meu caso, a minha cliente é a melhor propaganda

 

Ela vendia roupas de luxo e agora é pipoqueira gourmet

Pipoca Gourmet- Partiu Plano B

A Luana Amorim trabalhou vários anos vendendo roupas de luxo, primeiro tinha uma loja, depois montou um show room em casa. Mas começou a faltar dinheiro para comprar novidades. Certo dia ela teve uma intuição, olha como é importante prestar atenção na intuição. O padrasto dela fez uma pipoca incrível e ela diz que ouviu uma voz:”É você quem vai vender pipocas, vai fazer pipocas gourmet”. Ela pegou receitas na internet montou um carrinho e agora vende pipoca gourmet em festas e eventos de Goiânia.

 

 As dicas da Luana

-Primeiro, veja o que você sabe fazer de melhor, seja arrumar uma casa ou lavar um carro, essas paixões pelo que fazemos com entusiasmo podem nos levar longe!

-“Ah, mas não tenho capital pra investir em abrir uma empresa, mesmo pequena!” Comece criando um Instagram, e observe as   lojas grandes, com muitos seguidores. Comece a segui-los, automaticamente eles te seguirão de volta e assim você cria sua rede!

-Comece a fotografar tudo que você faz , postando e oferecendo seus serviços ou produtos! Uma ótima ideia é organizar armários, dar banhos em cães nas residências. Nossa, tem tanta coisa! Entregar frutas e verduras em caixas de feira, já lavadas! O negócio é começar e acreditar!

-Não tenha vergonha se um dia você esteve lá em cima e agora está em baixo. Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima! Ninguém paga suas contas, e mais, use seus erros do passado para te fazer acertar!

-Comece a sonhar pequeno, do tamanho que você sozinho consiga realizar sem depender dos outros e seja humilde sempre!

 

A executiva de contas em multinacional agora é uma palhaça

Foto: Renata Molina
Foto: Renata Molina

A Rebeca Menegazzo Matiazi trabalhava como executiva de contas em uma empresa na Argentina. Tinha um ótimo salário, estabilidade e poderia estar lá até agora. Mas, sempre tem um mas, não aguentou o trabalho burocrático, a cobrança por metas. Pediu para sair e junto com o marido, o Marcel, hoje forma uma dupla de palhaços. Claro que não foi de uma hora para a outra que surgiu o talento para fazer graça. Os dois já eram artistas, mas precisavam pagar as contas, e por isso foram em busca de empregos digamos tradicionais. O que acho legal nessa história, é que a Rebeca usa no dia a dia da empresa dela e do marido tudo que aprendeu como executiva de contas.

 

As dicas da Rebeca:

-Aproveite toda a experiência e treinamentos que você tem em grandes empresas, principalmente em trato com clientes, para utilizá-la em seu próprio negócio. A formalidade e a etiqueta na hora de tratar um cliente, ao mesmo tempo deixando o cliente a vontade é algo escasso no ramo autônomo. Um português correto na hora de escrever um e-mail, cumprimentos e despedidas são valorizados no trato pessoal.

-Você não precisa se dedicar 24 horas horas do seu dia, mas se você dedicar as mesmas horas que dedicava ao seu antigo emprego, agora ao seu próprio empreendimento, o lucro será todo seu e não somente seu salário ou porcentagem de vendas.

-Acompanhamento de clientes e resposta em tempo recorde. Percebi no trabalho em grandes empresas, que você não pode dar tempo para a concorrência sequer abordar seu cliente. Então fico sempre ligada nos meus meios de comunicação e dou resposta imediata aos clientes, sempre tratando de demonstrar que conosco eles terão sempre tudo o que precisam e o mais rápido possível.

– Dica Bônus:  É necessário ter um caixa para iniciar um empreendimento. Mesmo o nosso projeto que precisava de pouca estrutura, os primeiros meses são devagar, até você “fazer a sua carteira de clientes” Então é preciso saber que para o primeiro ano você precisa contar um um apoio financeiro de um poupança ou mesmo se abrir a possibilidade de fazer free lances em outras áreas, para tapar buracos no orçamento familiar.

 

 

Deixou um salário de R$ 15.000,00 para abrir uma barbearia

Foto: Olimpio Araujo Junior
Foto: Olimpio Araujo Junior

Em tempos de crise falar que alguém largou um salário de R$15.000,00 para abrir um negócio próprio parece loucura né? Mas sim, os empreendedores são assim mesmo, corajosos e por isso muitos confundem com loucura. O José Luiz Policeno tinha estabilidade, um bom salário, mas estava infeliz.Começou até  a ficar deprimido todo domingo de tarde porque sabia que tinha que trabalhar na segunda-feira.Ninguém merece né? Como sempre gostou de cortar cabelo, pediu demissão para apostar neste sonho. Abriu uma barbearia. Agora já são 3 barbearias e ele já  consegue ter o mesmo salário que antes.

Dicas do José

– Faça! Mas se prepare para isso, no meu caso eu não queria somente uma barbearia. Pensei no público, no ponto, no ambiente diferenciado

– Trabalhe de forma organizada

– Pense a longo prazo, porque só depois de 5 ou 6 meses é que comecei a pagar as contas

– O dinheiro é importante, mas não é tudo

 

 

6 comentários sobre “Exemplos de mudanças radicais para inspirar e dicas para ajudar

  1. Pois é, pensar a longo prazo é o que acho mais difícil. Todos querem lucro rápido, mas quase sempre as coisas não funcionam dessa maneira. É preciso paciência e muita persistência para empreender. Admiro quem conseguiu e suas histórias são exemplos maravilhosos de que sim, é possível. Obrigada por nos inspirar!! Beijos querida!!

  2. Nossa esse blog é muito motivante parabéns RONDI de Curitiba kerendo empreender em Cuiabá…..bjos a todos fikei 2 hras lendo e vendo sobre o site….

Deixe um comentário