Foto: Camila Mendonça

Escritora de cartas usa as palavras para comunicar e emocionar

A Elisa de Andre Motta é uma escritora de cartas. Isso mesmo! Em tempos de tanta tecnologia, consegue emocionar as pessoas com cartas. Ela me contou que após 10 anos na carreira corporativa em marketing, a chegada da filha a fez despertar para uma vida com mais propósito e felicidade. Começou a empreender e mesmo assim não se sentia completa, até que  voltou a escrever. “Escrevo desde criança, sou neta do professor de português e autor Hildebrando Affonso De André. A palavra circunda de todos os lados”. Assim nasceu o projeto Querido Desconhecido.

Querido Desconhecido- Partiu Plano B

No início a Elisa escrevia para amigos e conhecidos, mas depois que teve sua história publicada em uma revista, começou a receber muitos pedidos. A escrita tomou conta de sua vida e ela criou um site para divulgar as cartas . Todas as cartas virtuais são gratuitas e públicas. E é depois de uma boa conversa com a pessoa que pede a carta que a Elisa se inspira para escrever. Ela diz que gosta de encontrar um cliente ou desconhecido para ouvir sua intenção, sua história ou momento de vida.

Querido Desconhecido- Partiu Plano B

“As pessoas ficam bem emocionadas pela simplicidade e vínculo que é possível gerar com as palavras. Muitas dizem que não sabem como eu faço isso, pois compartilharam tão pouco para eu ter acessado tão profundo”. Das cartas o projeto foi ampliado e hoje a Elisa atua como escritora em todos os âmbitos, fazendo comunicação para empresas e pessoas . “Com os serviços criados espero tornar este projeto artístico-literário viável e também expandi-lo para um estudo comportamental sobre a linguagem emocional.” Para a escritora, as cartas ajudam a unir as pessoas e são um respiro a tanto automatismo.”Um momento de paz para guardar no coração. Algo feito especificamente para alguém.”

As dicas da Elisa

-Busque pessoas que tenham o mesmo perfil que você e alie-se a elas para não se sentir tão sozinho e fazer conexões.

-Movimente-se: fale de seu negócio para todas as pessoas que puder. Escreva muito sobre ele, tenha certeza do que entregar e faça com amor.

-Saia da zona de conforto e ouse. Às vezes tudo o que você procura está no desconhecido.

 

Cartas do Projeto Querido desconhecido 

 

 

Deixe um comentário