Foto Mauro Frasson

O sucesso depois de um curso técnico- Ele emprega quase mil pessoas e essa história começou com um curso técnico

O Nelson Hubner emprega 900 pessoas. Tem uma empresa que é fornecedora da indústria automotiva nas áreas de fundição, usinagem e montagem . A história desse grande empresário começou há muitos anos, quando o Nelson saiu do pequeno sítio onde morava no interior de Santa Catarina para morar com a família, em Curitiba. Inspirado pelo irmão, que já tinha feito um curso técnico no Senai e estava empregado, o jovem começou o curso de mecânica geral, que hoje se chama mecânica industrial. “O curso técnico foi consequência, pois lá no sítio, meu pai, além de lavrador, era carpinteiro e tínhamos que fabricar praticamente tudo desde móveis e carroças até nossa casa”. A partir do curso, o Nelson conseguiu um trabalho e o salário dele ajudava nas despesas e até na prestação da casa onde morava com a família. “Éramos muito unidos e todos participavam”.

Foto Mauro Frasson
Foto Mauro Frasson

Depois do curso no Senai ele foi se aperfeiçoando na profissão. “Estudava a noite e trabalhava de dia com muita satisfação”. Com 10 anos de experiência como empregado, decidiu empreender e abrir , junto com o irmão, uma tornearia. Em pouco tempo o galpão de 180 metros ficou pequeno, a empresa foi crescendo e o irmão dele acabou saindo da sociedade para abrir outra empresa. O Nelson seguiu sozinho e chegou a ter 1490 funcionários. E  mesmo no  meio dessa crise que está paralisando atividades, e até fechando muitas empresas, e com um mercado cada vez mais difícil e competitivo,  o Nelson está conseguindo se manter. “Fizemos uma grande racionalização nas 3 fábricas, inclusive deixando de fornecer para alguns clientes e fazendo investimentos para atender outros clientes parceiros”.

As dicas do Nelson  

-Aos jovens que estão em dúvida, sobre o que fazer, digo que um curso técnico é a saída, começando no Senai, para ter uma base sólida e trabalhar na indústria afim de consolidar o conhecimento.

– Também não deixar de estudar, sendo que é importante saber mais um ou dois idiomas.

-As oportunidades vão surgir, mas  também as  conseguiremos se formos capazes de criá-las.

www.senaipr.org.br

Deixe um comentário