Conta Simples- Partiu Plano B

Deixou um emprego estável em Londres para empreender no Brasil

Assim como muitos jovens, o Cassio Greco, que é engenheiro de software, saiu do Brasil em busca de novas oportunidades. Conseguiu emprego  em uma das maiores fintechs da Europa,a TransferWiseavaliada em mais de US$ 1 Bilhão . “Acho que em menos de um ano teria sido promovido a líder técnico. Ajudei a desenvolver o produto mais novo e inovador da empresa, a conta Borderless, e estava desenvolvendo o cartão de débito da conta, que nos permitiria ir atrás de um novo mercado”. Mesmo com todo esse sucesso, o Cassio  começou a ver com outros olhos muitos dos problemas do Brasil. “Eu sempre quis ter um impacto com meu trabalho. Se vou passar a maior parte da minha vida trabalhando, quero  fazer algo de útil. Achei que eu poderia ter um impacto maior no Brasil do que fora dele, ajudando pessoas com menos oportunidades e alternativas do que pessoas em países de primeiro mundo”.

Conta Simples- Partiu Plano B

Toda essa inquietação acabou se transformando em uma ideia de negócio. Ainda em Londres, o Cassio começou a desenvolver o projeto da sua própria fintech. Para quem, como eu, não sabe o que significa esse termo, o Cassio explica: “Uma fintech nada mais é que uma startup de tecnologia que atua na área financeira (fin de finanças e tech de tecnologia). É um mercado de atuação que está bastante em alta tanto no Brasil quanto no resto do mundo. As startups estão conseguindo atuar no mercado financeiro, que é muito regulado e controlado por uma pequena quantidade de bancos, como no caso do Brasil”.  Ele pediu demissão do emprego que tinha em Londres e voltou para o Brasil para empreender. A família deu apoio, mas como o Cassio estava recebendo propostas de outras empresas na Inglaterra os pais ainda perguntaram se ele não queria ficar um pouco mais antes de voltar. “ Mas empreender é  isso: quando vê uma oportunidade você precisa agarrar. Se esperar muito você a perde”. Ele agora tem a própria fintech chamada Conta Simples (https://contasimples.com) para resolver os problemas bancários dos empreendedores, micro empresários, MEIs, startups, freelancers e autônomos. A empresa ainda está em fase pré-operacional, o Cassio está desenvolvendo produto, mas ele já percebe que a aceitação é muito boa. “Sempre que converso com algum empresário, ou entrevisto alguém, a emoção das pessoas floresce. Dá pra ver nitidamente que o mercado de contas PJs no Brasil está muito deficiente e necessitando urgentemente de uma solução.Ninguém gosta de perder um dia útil indo no banco e se frustrando com seu gerente. Ninguém gosta de ter de pagar taxas abusivas por nenhum motivo.Um dos diferenciais da Conta Simples é que não somos gananciosos como os bancos e temos custos operacionais menores. Então conseguimos repassar essa diminuição de custos ao usuário final”.

Conta Simples - Partiu Plano B

O Cassio admite que estava em uma situação super confortável, mas colocou tudo na balança: “Tinha a oportunidade de correr atrás do meu sonho aos 26 anos. Sem contar que o tempo e o mercado favoreceram muito. O mercado de fintechs está muito em alta, e sou solteiro. Se em algum momento da minha vida houver um momento com o menor risco para eu empreender, essa hora era agora. Então resolvi arriscar”

As dicas do Cassio

Acredite em você. Se você quer empreender, é fundamental acreditar em si mesmo. Todo mundo vai duvidar de você e vai te incentivar a tomar o caminho mais curto e seguro – de ter um trabalho normal. Se você não acreditar realmente em si e no seu potencial, mais cedo ou mais tarde você desiste. Você precisa ter força para aguentar as fases difíceis, que certamente virão e uma cabeça boa para saber ignorar os pessimistas.

Tenha disciplina. Você vai ter de trabalhar mais do que jamais trabalhou na vida para conseguir que seu empreendimento dê certo. Mas mais do que isso, é necessário ter consistência e disciplina para conseguir manter uma ética de trabalho e conseguir trabalhar de noite, nos finais de semana… Sem contar estudar. Um empreendedor precisa estar sempre se capacitando. É impossível conseguir empreender sem ter muita disciplina de trabalho.

Faça bastante networking. É incrível como outras pessoas conseguem contribuir das mais diferentes formas ao seu negócio: seja com divulgação, trabalho, indicação de funcionários ou clientes, parcerias e muito mais. Me lembro de uma frase que um amigo Venezuelano em Londres me disse quando me contava sobre a corrupção e burocracia em seu país: “Se tem uma coisa que a Venezuela me ensinou é: se você conhece a pessoa certa, as coisas começam a acontecer”.

 

https://contasimples.com/

Deixe um comentário