Cazza-Partiu Plano B

Da área corporativa para o mundos dos enxovais

A Vanessa Azevedo  tinha uma vida ativa na área corporativa . Formada em economia, queria muito trabalhar em uma grande empresa da área de cosméticos. Só que dois anos depois  que conseguiu o emprego que considerava dos sonhos, ela foi mandada embora: “Perdi meu chão”. Mas a tristeza durou pouco tempo, como também sempre teve o sonho de empreender, começou a fazer cursos no Sebrae. A Vanessa até chegou a passar em um processo seletivo para uma grande empresa, mas não aceitou para se dedicar aos cursos de empreendedorismo.

Cazza- Partiu Plano B

Em busca de um Plano B , visitou feiras, fez  muita pesquisa, pensou até em ter uma franquia: “Depois de muitos estudos eu vi que acabaria voltando a ser funcionária, cumprindo metas e regras”. E como sempre ouviu que a pessoa tem que trabalhar com o que gosta ela teve o “click” para abrir uma loja de cama, mesa e banho.

Cazza-Partiu Plano B

“Quando visitei uma loja assim eu me imaginei oferecendo produtos lindos para deixar linda a casa dos meus clientes”. Um ano depois de começar a fazer um planejamento detalhado, abriu a loja onde oferece diversos produtos e  serviços diferenciados, como as malas que os clientes podem receber em casa para escolher o que querem .

Cazza- Partiu Plano B

Agora, como empresária, a Vanessa diz que trabalha muito mais. “Não durmo direito pensando nas minhas metas do próximo dia, tento me manter motivada mesmo não vendendo nada em um dia, se não vendo estou sempre antenada em meus concorrente, estou na internet vendo concorrentes, preços, fornecedores”.

O fato de ser dona do próprio negócio também ajudou a empresária a se sentir motivada . “Estou me sentindo importante para mim  mesma, mas o principal é que amanhã ninguém vai me mandar embora do emprego”.

As dicas da Vanessa

-Sonhe

-Pense

-Realize

-Não é fácil, mas toda grande empresa teve seu começo

 www.facebook.com/cazza&co

Deixe um comentário