crise valendo

Como quem Partiu plano B está enfrentado a crise

 

crise valendo

Procurei novamente alguns dos entrevistados do Partiu Plano B para saber como eles estão enfrentando a crise. Confira as respostas e inspire-se novamente com esses empreendedores de sucesso.

 

Nada de ficar na zona de conforto

“Estou enfrentando a crise com uma receita simples: Muito trabalho e principalmente criatividade.As crises econômicas servem para nos tirar da zona de conforto e acreditar mais na nossa capacidade de sobrevivência num mercado cada vez mais exigente e competitivo.A criação de estratégias mais eficientes, surge como alternativa saudável não somente para empresas, mas também para a sociedade em geral”.  É o que diz a Fabiane Post Ploposki, que criou a Boutique de Rua  e hoje tem franquias em todo o Brasil.  Leia AQUI a história de sucesso dessa empresária.

boutique 3 valendo

 

É preciso se reinventar

“Em tempos de crise, quem trabalha sua criatividade continua vendendo. Os tempos realmente estão difíceis, vemos muitas empresas respirando por aparelhos. Mas tudo tem um lado bom e a crise vem mostrar para o empreendedor que ele tem que se reinventar e muitas vezes sair da faixa de conforto que ele se instalou sem nem perceber. O Brownie do Joe está trabalhando dobrado pra se manter firme no mercado, mesmo com todas as dificuldades e barreiras que estamos enfrentando”. Palavras do Joe Leite que começou uma empresa com menos de 30 reais. Não acredita?  Leia AQUI essa inspiradora história de sucesso.

 

Joe nova foto

 

Mantendo o foco na qualidade

“Em tempos de crise o que nós estamos fazendo é manter foco em bom trabalho e qualidade. Dessa forma o cliente continua fiel e nossas vendas não caem. Graças a Deus não precisamos diminuir preços, criar promoções e nem modificar nada por aqui! Pelo menos por enquanto. Se em algum momento sentirmos alguma queda certamente traçaremos novas estratégias”. Palavras da  Carolina Sales, que  fatura mais de R$ 1 milhão por ano com brigadeiros.  Clique AQUI para ler essa história de sucesso.

 

 

 

 

 

Carol Sales  valendo mesmo

 

É preciso se adaptar 

“Bem, nós percebemos a crise pelo movimento na feira aos domingos ( Feira do Largo da Ordem de artesanato, em Curitiba) que diminuiu, mas felizmente para nós, a crise não afetou as vendas, pois nossos produtos são para decoração e, quem pensa em decoração, não liga em gastar ou ainda, não está em crise. O que posso dizer é que em tempos de crise, o melhor negócio é adaptar-se, criar peças novas e mais em conta, e ainda, dar um descontinho ou parcelar para não perder o cliente! A crise está visível, mas é necessário continuar trabalhando!” É o que diz a  artesã Jô Ribas, proprietária da Coisa & Tal sobre a crise. Ela faz placas e objetos de decoração super criativos. Leia AQUI essa bela história de empreendedorismo.

jo ribas valendo

Apostando as fichas nas aulas virtuais

“Nos estávamos focadas nas aulas presenciais e nas aulas virtuais, porém percebemos que a procura das aulas presencias estava bem menor que a procura pelas aulas virtuais. Achamos que era um pouco reflexo da crise atual, pois nas aulas presenciais a aluna vinha e aprendia o que dava para aprender em uma tarde de aula, enquanto nas aulas virtuais ela podia fazer, sem sair de casa, sem gastar com condução e podendo ver e rever diversas vezes a mesma aula. Então resolvemos focar novamente nas aulas virtuais e na produção de peças prontas. Estamos produzindo para colocar nossas peças em lojas de presente”. É o que diz a Bia Abdala que é  sócia da  Roberta Ogata e da Denise Correa. Elas dão aulas virtuais de patchwork e já tem mais de 10 mil alunas. Clique AQUI  para lembrar os detalhes dessa história de criatividade no mundo do artesanato

 

Bia abdala valendo

É hora de inovar

“Acho que é hora de inovar, por isso estou lançando novos produtos. Fazendo bolo de lavanda, para chá, com sementes e, em breve, com a essência, como sugestão de sobremesa, com recheio. Além disso, estou fazendo  uma vez por semana o bolo de laranja popular, com um  acabamento mais simples. Aí é tentar ganhar na quantidade.Também estou tentando melhorar a networking através de novos contatos e tentando fazer parcerias. Praticamente desde que comecei entendi que trabalhar com o bolso do cliente, deixando ele dar o valor para cestas e presentes, foi uma grande “sacada”.Tempos difíceis, mas, não podemos desanimar”. Palavras da Beatriz Matoso que  faz bolos e doces para chá e transforma tudo em presente com belas embalagens e também poesia. Clique AQUI  para ler e se inspirar com essa história de empreendedorismo.

bolo lavanda valendo

 

Descobrindo novos nichos de mercado

“Quanto  à crise impossível não sentí-la nos últimos meses, mas nem por isso vamos deixar de buscar uma saída para as dificuldades. A Beautiful Nails by Alessandra Lirani, além das unhas decoradas, começou a dar cursos de unhas em gel e apostou no mercado das noivas, se especializando em unhas temáticas para a ocasião, participando de feiras e workshops para noivos, para que seu trabalho fosse conhecido. Com isso foi possível driblar a crise.”  É o que diz a Alessandra Lirani, que  faz um trabalho super criativo em unhas  decoradas. Clique AQUI para ler a história de sucesso dessa empresária.

Noiva unhas valendo

 

Setor imune à crise

“O artesanato vai na contra mão da crise econômica. Isto é, não acompanha e não segue junto. Porque é uma opção de sair dela de várias maneiras. Como uma renda extra, uma terapia ou uma maneira de fazer seus próprios presentes, no caso como economia. Neste mercado quem sabe trabalhar não está em crise. Graças a Deus estamos trabalhando bastante…no bom sentido, é claro! Não podemos reclamar”. Quem fala é a Iara Capraro, da Daiara Artes, que vende para todo Brasil matéria prima para quem faz artesanato. E ela começou dando cursos na sala de casa hein? Leia AQUI a história de sucesso dessa artesã empresária.

Iara

 

4 comentários sobre “Como quem Partiu plano B está enfrentado a crise

    • Oi Cleide, depende de quanto você gastou para fazer essa salada, quanto gastou com a embalagem. Olha aqui mesmo no blog tem um post sobre como calcular o preço do bolo no pote. acho que pode te ajudar, ok?
      Abraços e obrigada pela visita

Deixe um comentário