Badu Design- Partiu Plano B

Com R$ 30,00 ela comprou matéria prima para começar e não parou mais

Sim gente, o título é esse mesmo. Trinta reais era quanto a Ariane Santos tinha para comprar matéria prima para fazer agendas de tecido. É realmente muito pouco né? Mas hoje ela é uma empresária de sucesso que inspira e ajuda muita gente que sonha em empreender.

Badu Design- Partiu Plano B

A Ariane trabalhava na área de marketing e no design de embalagens de papel de presente. Tinha uma vida agitada de trabalho, estudo e ainda de cursos no fim de semana. Mas ela teve que mudar a rota da própria vida quando a avó ficou doente, perdeu os movimentos, a visão e teve um AVC. Nesse momento, mais que nunca, precisava de cuidados e de muito amor.

No canal do Partiu Plano B eu contei a história da Ariane. Clica para assistir!

A família se uniu para ajudar, mas foi a Ariane que se propôs a deixar o trabalho e ficar com a avó.”Ela era uma avó muito presente em minha vida e não me arrependi da decisão”. Em casa, cuidando da avó, a Ariane transformou o quarto em atelier. Ela até brinca dizendo que virou um “quarteliê”, onde ela começou a se encontrar produzindo algo que era um hobby na época da faculdade. Foi na internet que viu um caderno de tecido. Tentou fazer uma agenda que não ficou muito boa, mas teve certeza que naquele momento tinha descoberto uma paixão.

Badu Design -Partiu Plano B

Nesse momento entram os R$30,00 que falei. A Ariane me disse que sem emprego e gastando muito com as questões de saúde da avó ela não tinha muitos recursos. R$ 30,00 não era muito dinheiro, quase nada, mas foi o suficiente para ela comprar materiais para produzir algumas agendas. “Fui até uma papelaria e para minha alegria compraram todas. Saí radiante com o dinheiro e fui reinvestindo em material e na produção”. Ela pedia entrada aos clientes, comprava o material e entregava. E por  um bom tempo foi assim.

Badu Design- Partiu Plano B

Só que o negócio da Ariane começou a tomar outra proporção quando ela se deu conta que a atividade artesanal, que funcionou para ela como uma terapia, poderia ajudar outras mulheres que, muitas vezes, ficam impossibilitadas de “trabalhar fora”. “Mulheres que precisavam além da geração de renda de um empoderamento feminino como aconteceu comigo”.

Badu Design -Partiu Plano B

E ela teve certeza de que estava surgindo uma missão em sua vida, quando apareceu a oportunidade de fazer souvenirs para a cidade de Curitiba com o projeto do Sebrae ‘Sou Curitiba’. “Deu muito certo, fui selecionada, os produtos foram destaque e através da mídia, surgiram as mulheres procurando participar da produção”. Foi nesse momento que a Badu Design se transforma em  Negócio Social. É uma empresa que tem lucratividade, rentabilidade, mas que atua de forma a causar impacto social e ambiental.  Dez mulheres produzem para a empresa, conforme demanda.

Badu Design Partiu Plano B 4

O impacto social vem com o treinamento e a inserção dessas mulheres no mercado de trabalho . E na questão ambiental, a empresa se destaca por trabalhar com tecido que seria descartado. “Algumas empresas tinham um problema no descarte do resíduo têxtil. Hoje transformamos esse resíduo em novos produtos e contribuímos com o meio ambiente”. Assim a Ariane consegue reduzir custos e entregar para os clientes um produto que faz parte de uma cadeia produtiva do bem.

Vai dizer que não é inspiradora uma história assim?  Amei!

 

As dicas da Ariane

-Você vai encontrar muitos desafios, pessoas que as vezes não acreditam na sua ideia, mas se você tiver convicção, propósito e fazer o que você ama, você vai superar tudo e, mesmo nos momentos  difíceis, você vai encontrar forças para continuar. Empreender vale a pena!

-Busque ser autêntico, descubra seu estilo e comece. Não espere estar tudo em condições perfeitas para começar. Mas saiba pra onde está indo, tenha planos.

-Se envolva em grupos e setores referentes ao mercado escolhido e até atividades diferentes da sua para despertar a criatividade e, lembre-se, o networking é muito importante.

-Agora o mais importante. Expresse  através do seu trabalho o seu amor pelo que faz e tudo vai dar certo. E se não der certo, tenha sempre um Plano B!  ( Essa dica é maravilhosa Ariane rsrs)

 

www.facebook.com/badudesign

 

Badu Design- Partiu Plano B

 

8 comentários sobre “Com R$ 30,00 ela comprou matéria prima para começar e não parou mais

  1. Que bacana, que lindo, que show! Já ganhei um caderninho da Badu, e olhei o produto como algo único, afinal é um produto feito a mão que encanta!Sucesso!!

  2. Bom dia, Vanessa!
    Achei muito legal o trabalho dela e tudo o que ele representa para tanta gente. Realmente, ela está de parabéns, assim como você, sempre com histórias que nos inspiram.
    Obrigada! Bj.

Deixe um comentário