Mães empreendedoras -Partiu Plano B

Cinco dicas para mães empreendedoras que trabalham em casa

Depois de viver a experiência de empreender sozinha em dois negócios, a carioca Maria Cristina Bernardo,mãe do Guilherme, do João e da Júlia,  apaixonada pelo empreendedorismo, decidiu criar um espaço para encorajar o empreendedorismo feminino. Como um meio para encurtar o caminho para o sucesso no empreendedorismo, o blog Mães Empreendedoras, desde a sua concepção teve o intuito de ser uma espécie de combustível e inspiração para mulheres, que assim como Maria Cristina, desejavam se tornar donas do seu próprio negócio.

Mães empreendedoras -Partiu Plano B

Desde sua fundação em 2015 o blog Mães Empreendedoras saiu do Rio de Janeiro e ganhou o mundo. Sua página no Facebook já reúne mais de 11 mil seguidores e no Instagram já são mais de 6 mil.  Atualmente, as mães participantes além de discutirem sobre planejamento, marketing, finanças, têm a oportunidade de trazer conceitos de mercado para suas empresas por meio de oficinas, cursos, consultorias e serviços de marketing ministrados online.

A pedido do blog Partiu Plano B, a  Maria Cristina Bernardo separou 5 dicas para mães empreendedoras que trabalham em casa. Confira:

Dica 1- Defina uma rotina de trabalho

Ao longo de um dia muitas coisas acontecem. E se manter motivada apesar dos problemas, das interrupções e do stress natural do trabalho não é fácil. Para minimizar essa situação defina previamente uma rotina de trabalho como mãe empreendedora. Quantas horas você vai trabalhar por dia? Quais são seus horários? Quando você para e fica 100% disponível para a família? As respostas para essas perguntas simples têm um poder incrível sobre a qualidade do seu trabalho. Coloque no papel a sua rotina diária e compartilhe a sua agenda com a sua família. Isso fará com que eles percebam quando e como você trabalha e será fundamental para pedir (ou exigir, se for o caso) a colaboração necessária de cada pessoa da família, inclusive das crianças.

Dica 2- Reserve um lugar especial para o seu trabalho em casa

Não é toda mãe empreendedora que tem um cômodo dedicado a um escritório ou ateliê dentro de casa. Isso não é problema. Mesmo que você more num apartamento muito pequeno você pode reservar um cantinho para ser o seu local de trabalho. Esse espaço é muito importante para comunicar para você e para as outras pessoas que você está trabalhando. Esse espaço tem de ser exclusivo para o trabalho e não se misturar com a confusão natural do restante da casa. Assim quando você está naquele lugar você não está disponível. Difícil imaginar, não é? Mas quando você trabalhava na empresa dos outros era assim, então porque na sua empresa seria diferente? Outro ponto é que o seu lugar de trabalho tem de espelhar o tipo de profissional que você é. Se você é criativa, competente e organizada o seu Mom Office tem que refletir tudo isso.

Dica 3- Não tente fazer tudo sozinha sempre

Tentar fazer tudo sozinha é muito heroico no papel, mas na realidade, é uma loucura. Ainda mais quando temos a rotina de mães empreendedoras e muitas vezes trabalhando em casa.Será mesmo que você não pode delegar uma parte das atividades a outra pessoa? Seja por parceria ou mesmo contratando algum tipo de serviço, tente ver uma área em seu negócio onde você pode delegar imediatamente e outra área que você pode delegar nos próximos meses. Concentre-se no que realmente é o chave do seu negócio, o que chamamos de core business. Tire um pouco o excesso de peso dos ombros e concentre-se no foco principal do seu trabalho.

Dica 4- Tenha claro o diferencial do seu negócio

Quando estamos começando algo como mães empreendedoras pesquisamos muito para encontrar boas ideias e empresas que já dão certo no segmento que buscamos. Mas a empreendedora tem que ser criativa na hora de pensar em como executar sua ideia. Para planejar um negócio temos que pensar em qual será o nosso diferencial, o que podemos fazer de diferente ou mesmo em que podemos ir além. Se não pensarmos em como nos diferenciar, nosso negócio pode ser engolido pela concorrência, principalmente quando existem empresas da mesma área muito maiores  e com mais capacidade de investimento no mercado.Exercitar essa criatividade e quebrar o paradigma pra inovar nem sempre é fácil. Principalmente pra quem empreende sozinha. A verdade é que planejar um negócio não tem receita pronta e única. A sua estratégia, o seu diferencial devem ser construídos de acordo com o público que deseja conquistar, com as oportunidades que o mercado está oferecendo e com o que você pode oferecer de um jeito único e especial.

Dica 5- Separe as finanças pessoais do seu negócio

É muito comum ter as contas pessoais misturadas com as contas da empresa. Quando nos tornamos mães empreendedoras são tantas as providências que precisam ser tomadas, que muitas vezes essas questões práticas referentes a administração do negócio acabam ficando para segundo ou terceiro plano.Realmente tratar as finanças pessoais e os negócios em uma única conta é mais cômodo e aparentemente mais fácil de controlar. Mas vai chegar um momento que será necessário separar as duas coisas. Mesmo não sendo assim tão simples quanto parece, vale o esforço para fazer essa organização. E se essa separação for feita logo no início do negócio, tudo fica muito mais fácil ao longo do tempo, evitando confusões financeiras e prejuízos que podem prejudicar sua empresa.

www.maesempreendedoras.net.br

www.facebook.com/maesempreendedoras/?fref=ts

Instagram: @blogmaesempreendedoras

Deixe um comentário