Denise Dick

Aprendeu a fazer quilling sozinha e hoje vende peças e dá cursos em todo o Brasil

A Denise Dick começou a se interessar pela arte do quilling quando ainda não tinha muito material disponível, em português, para quem quisesse aprender a técnica. Na época ela era professora de inglês e estava grávida do primeiro filho. Aos poucos foi descobrindo os segredos do quilling e começou a produzir algumas peças.  Apesar da alegria de estar em casa cuidando do filho, o artesanato ajudou a Denise  a se sentir mais produtiva porque estava fazendo algo criativo e que estava tendo aceitação dos clientes.

Denise Dick 2

Depois de algum tempo  ela decidiu deixar de vez as aulas de inglês para criar a própria marca a Petrichor, que aliás é  o nome dado ao cheiro da chuva, você já tinha ouvido falar nesse termo? Achei Legal! Segundo a Denise, o cheiro da chuva sempre foi uma inspiração, então ela decidiu dar esse nome para a pequena empresa de quilling que estava começando. As vendas são feitas principalmente pelo Instagram. E para se destacar nas redes sociais, a dica da artesã é ter consistência , ou seja, postar todo dia, e aproveitar todos os detalhes interessantes da técnica para fazer Stories.

Denise Dick 3

Com o tempo o dom de dar aulas passou também para o artesanato. A Denise hoje dá aulas de quilling em todo o Brasil e também desenvolve cursos online para atender os alunos. Segundo ela, muitas alunas com depressão e até Síndrome de Pânico, procuram a técnica e acabam se sentindo melhor depois de fazer uma peça com o quilling. “O trabalho é quase meditativo e as pessoas também se sentem felizes quando criam algo bonito”. Sobre concorrência, a artesã não tem dúvidas de que existe espaço para todo mundo.”Cada um tem uma forma de fazer”.

Quando não está viajando para dar cursos ela produz em casa e tem algumas dicas pra você que faz artesanato e quer trabalhar em casa:

-Primeiro tem que ter muita disciplina.Determine qual vai ser seu horário de trabalho

-Avise todo mundo em casa que nesse horário você está trabalhando e não pode fazer outras atividades

-Deixe uma mesa e se for possível uma sala, só para você deixar seu material

– Use o despertador do celular para parar de vez em quando para se alongar, tomar água, se alimentar direito. Senão você fica trabalhando o tempo todo

– Se quer viver de artesanato tem que praticar todo dia e estudar outras áreas como financeira, administrativa, marketing.

@artedoquilling

@labpetrichor

Denise Dick 4

Deixe um comentário