Foto: Anderson Scopel/Divulgação

Ao abrir uma loja de roupas infantis o desafio foi encontrar diferenciais

Ter uma loja de roupas infantis foi a escolha da jornalista Franciany Zanatta na hora de empreender. Ela já havia deixado o trabalho na área financeira de uma empresa de grande porte para se dedicar à filha que era bebê. Mas depois de 3 anos sentiu necessidade de voltar ao mercado e decidiu investir em algo que estivesse ligado ao cotidiano da filha.

Foto: Anderson Scopel/Divulgação
Foto: Anderson Scopel/Divulgação

Surgiu então a ideia da loja de roupas infantis. Mas como se destacar no meio de tanta concorrência? A Franciany começou a lembrar das dificuldades que tinha quando ia comprar roupas para a filha. “Sempre que eu entrava em uma loja, ficava preocupada com a segurança dela, se ela estava por perto, se não a perderia de vista, etc., e mal conseguia ver ou escolher um look bacana. E ela também, como toda criança, nunca teve muita paciência para ficar em loja escolhendo roupas”. A primeira decisão foi optar por uma sala comercial e não uma loja de rua. O atendimento pode ser feito com hora marcada. Assim os pais ficam tranquilos sabendo que ao entrar na loja a porta será fechada. Além disso, as crianças podem ir direto para o espaço kids.

Foto: Anderson Scopel/Divulgação
Foto: Anderson Scopel/Divulgação

Segundo a Franciany, os pais podem fazer as compras tranquilamente e as crianças ficam tão a vontade que aceitam até mesmo provar as roupas, algo que normalmente não acontece. Apesar da loja estar aberta há poucos meses, a empresária comemora o sucesso do negócio que nasceu como uma homenagem à filha. “A tudo que ela nos ensinou e ainda nos ensina desse mundo maravilhoso que é o mundo infantil.Um mundo de alegrias, descobertas, aprendizados, inocência, pureza, fofura e muito amor”.

As dicas da empresária:

-Diferencial como proposta de valor. Com a competitividade do mercado é preciso pensar em projetos diferenciados.

-Entender e conhecer o perfil do seu público alvo. Ter ações para se comunicar , interagir e impactar seu cliente. Focando em produtos aderentes ao seu público.

-Ter resiliência para superar as barreiras do negócio e atitude para fazer acontecer. Dedicação e amor pelo que faz.

abubukids.com.br

Deixe um comentário