Estela Drugovich

A publicitária que decidiu voltar a estudar para realizar o sonho de ser médica

A Estela Drugovich já tinha se formado em publicidade, tinha uma empresa e estava feliz com sua profissão. Mas um dia no consultório de uma amiga que é dentista, ela comentou que admirava a profissão dela e que deveria ter feito medicina. A amiga, Bárbara, respondeu: “Faça, você gosta de estudar e é inteligente”. Pronto! Foi a inspiração que precisava. “Saí de lá com aquilo na cabeça e chegando na agência, comentei com meu pai que eu queria fazer medicina. Ele abriu um sorriso enorme e disse: “Faça, eu pago seu cursinho “.

Depois desse dia ela se matriculou no cursinho e me disse que achava que ia passar já no primeiro ano, mas isso não aconteceu. Depois de 8 anos sem estudar a Estela percebeu que não seria fácil conquistar o sonho de passar em medicina. “Nada que mais de 12 horas de estudo no começo não dessem conta”. E ela se dedicou mesmo. Chegou a estudar 12 horas por dia. “Era uma loucura não sair nos finais de semana, ter aulas sábado, às vezes domingo. Sem falar nos feriados que também tinha aula.

pASSAR NO VESTIBULAR

“Mas depois, no segundo ano, você já se acostuma com a rotina”.  A Estela confessa que no início era ruim ver as pessoas tendo uma vida “normal” , mas ela falava pra ela mesmo que ninguém a obrigou a mudar o rumo e que a escolha era dela. “Depois de um tempo estudar voltou a ser prazeroso”. Só que depois de dois vestibulares do meio do ano, em que ela não entrou, a Estela  pensou seriamente em desistir. “Foi por muito pouco que não joguei tudo fora”.

Você leitor deve estar se perguntando como ela conseguiu se sustentar nesse período, afinal já era formada, tinha uma empresa. Nessa hora entra em cena a família e os amigos. O Chico, o “namorido” da Estela, seguiu com a agência durante um tempo e depois foi a Aline, que era supervisora  que gerenciou e cuidou da empresa.

Estela Drugovich

Com esse suporte ela seguiu estudando e conseguiu  passar  em medicina da Universidade Positivo, UP, em Curitiba, e ainda está na lista de espera da Faculdade  Evangélica do Parana, Fepar .”Quando  saiu o resultado do vestibular da UP , eu nem imaginava que  iria entrar, acordei com minha amiga, que conheci no cursinho, que agora é minha veterana, gritando do outro lado de alegria dizendo que eu tinha passado. Foi um choro só de alegria para cada pessoa que eu ligava pra contar. Logo estava eu lá pedindo dinheiro no sinal com a bochecha doendo de tanto sorrir de alegria.”

Durante todo esse processo a Estela ouviu de tudo desde “Você tá louca?!” “Eu nunca voltaria a estudar” até “Que orgulho ” “Queria ter essa coragem”.

Como não vai ter como trabalhar enquanto estiver estudando, o namorado já se propôs a ajudar . “Além do lugar no céu, que já está garantido rsrs, já prometi que assim que me formar dou um ano sabático para ele. Nada mais justo né?”

O que ela diz sobre conseguir realizar o sonho depois de tanto esforço?

“É uma sensação maravilhosa de dever cumprido, de orgulho próprio, é fantástico”.

A dica da Estela:

Nunca desista, acredite nos seus sonhos!!!

 

2 comentários sobre “A publicitária que decidiu voltar a estudar para realizar o sonho de ser médica

  1. Estela, esta menina é uma fofucha, nunca imaginei que aquela menininha loirinha, toda delicada, linda, meiga, de unhas bem feitas e de salto agulha, fosse tão guerreira, decidida e forte, tenho certeza que vai ser uma ótima médica, mas….cuidado, essa menina deve ter chulé.
    Parabéns a Estela pelas suas conquistas, parabéns a família que a apoiou, parabéns ao Chico que está sempre ao seu lado, tbm um fofucho. Olhar para os dois é ver um casal em harmonia, nascidos para se encontrarem e serem felizes para sempre. Estar com a pessoa certa é uma alavanca para o sucesso.
    Agora, bóra se matar de estudar para sair da faculdade.
    Bjsssss…..

Deixe um comentário