Taioca-Partiu Plano B

A ideia é fazer fantasia que criança pode usar no dia a dia

Esqueça aquela fantasia  toda elaborada com muito tecido, muitos acessórios e que não deixam nem a criança se mexer. A ideia das irmãs Tais e Ana Refinetti é produzir fantasia que a criançada pode usar até no dia a dia.

Taioca 1

Essa história de empreendedorismo começou com a Tais. Ela é design de moda e trabalhou por muitos anos como modelista em diversas empresas de São Paulo. Em 2012 quando nasceu o primeiro filho, ela decidiu parar de trabalhar fora, mesmo assim continuou fazendo serviços de modelagem como freelancer. A ideia da empresa surgiu com o pedido do sobrinho da Tais, o João,  que pediu uma fantasia de búfalo. Como não encontrava algo criativo e confortável, decidiu fazer uma fantasia e não parou mais. A irmã da Ana, que também deixou o trabalho por conta da maternidade, adorou a ideia e se tornou sócia.

Taioca-Partiu Plano B

Ao incorporar a fantasia no dia a dia das crianças, as empresárias conseguiram inovar e hoje elas vendem as peças pela loja virtual  e também pela plataforma Elo -7.

Taioca 2

Para os meninos a fantasia que mais sai é a camiseta de tubarão. Para as meninas não tem modelo específico, mas elas vendem muitas fantasias de sereias, princesas, heroínas e Emília. Desde o início a proposta é que as peças possam ser utilizadas mais de uma vez. “Para nos mantermos no mercado, profissionalizamos a empresa por meio de cursos e orientações. Com isso, conseguimos gerenciar melhor e reduzir o custo de produção, além de investir em marketing frisando o nosso propósito”. Se a Tais está mais feliz como empreendedora? “Muito mais feliz!”

As dicas das empresárias

 – Ame o que faz;

– Estude o mercado (encontre o seu público alvo);

– Procure orientação quanto à gestão da empresa (plano de negócio, precificação, controle de caixa…)

www.elo7.com.br/taioca

www.taioca.com.br

Deixe um comentário