Essenza- Partiu PLano B

A executiva que negociava com a China agora trabalha com moda

Formada em Relações Internacionais, a Renata Berkowitz Coraiola alcançou um sucesso profissional que é o sonho de muitas mulheres. Como coordenadora de compras para o núcleo de maquiagem e acessórios de uma grande empresa de cosméticos, ela viveu o desafio de coordenar uma equipe que ficava no escritório de Hong Kong. Com a filha pequena em casa a jornada já era dupla e com o fuso horário Brasil-China virou jornada tripla.

Essenza - Partiu Plano BFoto: Bruno Tomasoni

Mas há um ano, cansada da rotina de viagens internacionais e horas e horas a fio de trabalho, ela decidiu que não queria mais aquilo.“Apesar de todo reconhecimento profissional e muitas perspectivas de crescimento me dei conta que a minha maior prioridade era a minha filha que, com apenas 2 anos, já tinha que lidar com a ausência da mãe por muitos dias”. Lembrando que ela tinha que viajar para a China. A Renata percebeu que estava perdendo momentos simples do dia a dia como levar a filha na escola ou no médico.

Essenza- Partiu Plano BFoto:Bruno Tomasoni

Depois de 13 anos no mundo corporativo, ela tomou a decisão de mudar. Para quem está lendo pode parecer que foi de uma hora pra outra né? Deixou o emprego, abriu uma loja de roupas e começou a atuar como consultora de imagem. Não foi bem assim. A Renata sempre teve o sonho de lidar com moda e até já tinha tido uma experiência no ramo. Entre os amigos também era aquela que sempre ajudava os colegas com dicas de como se vestir. Mas a mudança de vida começou com um bom planejamento. Já estudando a saída da empresa, ela foi fazer os cursos de consultoria de imagem para aprimorar a ideia principal: transformar a loja em um Studio de Moda e Estilo onde pudesse, além de trabalhar com as roupas, ministrar cursos, workshops, palestras ligadas à imagem pessoal. “Me apaixonei pela Consultoria, pelo trabalho que isto envolvia e com a enorme procura por profissionais desta área, comecei a abrir portas e então tive certeza que era isto que eu queria”.

Essenza- Partiu Plano BFoto: Bruno Tomasoni

Desde a decisão até o momento da saída foram 4 meses.A Renata pediu demissão e até recusou duas excelentes propostas de trabalho para assumir cargos de gerência. Ela disse NÃO! e Partiu Plano B.“Eram propostas muito tentadoras mas se eu aceitasse, abriria mão de tudo que havia sonhado e planejado. Então resolvi seguir firme e forte”.Hoje a Renata tem a loja de roupas e o studio de imagem para dar consultoria. Ela me disse que agora tem certeza que é preciso acreditar nos sonhos e que com amor e dedicação tudo se constrói.

As dicas da Renata

-Faça o Plano de Negócios e comece a se programar financeiramente

– Coloque muita paixão, porque quem decide trabalhar de forma autônoma se vende primeiro do que o produto em si. Só vão acreditar em você se você acreditar e realizar com paixão. Primeiro os clientes vão comprar você e não o seu produto ou serviço. No mundo corporativo pode acontecer o contrario, mesmo o cliente não  gostando de você ele pode adquirir o produto ou serviço devido à marca, ao nome da empresa

– Mantenha sua rede de relacionamento porque eles serão os primeiros que vão te ajudar a divulgar e indicar seu trabalho depois

www.essenzaboutique.com.br

7 comentários sobre “A executiva que negociava com a China agora trabalha com moda

  1. Conheci a Renata. Realmente era uma profissional muito valiosa para a organizaçao.
    POrém, para a organizaçao era mais uma das inumeras profissionais valiosas que compoe seu time. Para sua filha ela não é e nem seria mais uma, mas a única. A única pessoa que poderia fazer isso por sua filha era ela.
    Parabéns Renata, desejo todo sucesso do mundo para esta sua fase. Lembrando que nao precisa ser para sempre. Ela é certa para esse momento. Se um dia quiser, se reinvente de novo. Super beijo e saudades de voce!

  2. Bela história! Realmente é preciso muita coragem para deixar uma carreira de sucesso internacional e começar outra totalmente nova. Parabéns à Renata pelo exemplo e obrigada Vanessa por mais mais um exemplo a quem pretende investir no plano B!

Deixe um comentário