Mosaico 2 valendo

A arte do mosaico como Plano B

Fazer o primeiro post do blog sobre uma amiga? Porque não? Afinal se tem um exemplo de pessoa que eu conheço que investe no Plano B é ela, Gislaine Mazetto, que todo mundo chama de Gi e que tem a arte do mosaico como um lindo Plano B.

O talento para trabalhar com mosaico ela descobriu depois de ver uma linda mesa com tampo de mosaico em uma loja. Como estava muito caro, ela tomou coragem e foi atrás de um curso para aprender a fazer uma mesa  para colocar em casa. Essa acabou sendo a primeira de muitas peças. A partir daí, a história da Gi se parece com muitas que vamos contar aqui.

Mosaico 1 valendo

A família começou a encomendar, depois os amigos e as  redes sociais  servem de vitrine para a arte da Gi, que fundou o Atelier Quebra Cabeça e agora já tem peças espalhadas por outros estados do Brasil. E ela consegue atender às inúmeras encomendas mesmo tendo um trabalho fixo, marido e filho para cuidar. É, tem que se organizar, e organização é uma das dicas da Gi, para quem quer trabalhar com mosaico, conselho que ela segue direitinho. Com o atelier funcionando na garagem de casa, ela conta que tem que deixar tudo limpo depois do trabalho, primeiro porque não consegue produzir no meio da bagunça e depois porque precisa guardar o carro  neste espaço.


A Gi ainda não pensa em largar o trabalho para se dedicar somente ao mosaico, mas já consegue reforçar a renda e até economizar para realizar alguns sonhos, como a última viagem de férias. De pecinha em pecinha, ela faz arte, encanta amigos e clientes com seu talento e ainda  serve de inspiração para quem sonha em  fazer mosaico ou qualquer tipo de arte.

Dicas da Gi :

-Organização:  Além do cuidado com o  atelier, mesmo em casa, ela respeita o horário , trabalhada das das 16h às 19 horas e se dá ao direito de folgar nos finais de semana.

– Ter estoque: Ela percebeu que os clientes adoram as caixas com detalhes em mosaico, então sempre tem algumas no estoque.

– Cumprir prazos: Se falou que vai entregar em 10 dias, ela  entrega até  uns dias antes.

– Caprichar no acabamento: É a qualidade do trabalho final que garante a conquista e fidelização dos clientes.

-Não parar de aprender: No caso da Gi, ela diz que começou a presta atenção em todo tipo de arte, uma maneira de ganhar  inspiração para fazer novas peças.

 

Facebook.com/Quebra Cabeças Artes e Mosaicos

 

 

 

9 comentários sobre “A arte do mosaico como Plano B

Deixe um comentário