Toque Eterno-PartiuPlanoB

A arte de eternizar lembranças de família

Sempre achei importante preservar lembranças de família e aos vinte e poucos anos fiquei feliz e emocionada com um presente de aniversário que a minha mãe me deu, um sapatinho, que eu usava quando era bebê, metalizado. Já conhecia a técnica, sabia da emoção de receber um presente assim e por isso fiquei muito feliz de ter a oportunidade de contar a história de duas empresárias de Curitiba que fazem esse trabalho. A Toque Eterno é o Plano B da Juliana Pazini, que é bióloga e da Vanessa Pazini, que é advogada. Mas a história das irmãs com a técnica de metalizar sapatinhos começou quando elas eram adolescentes.

Toque Eterno-Partiu PlanoB

Foi o pai das meninas, Dirceu Pazini, quem começou a desenvolver a técnica, em Curitiba, e sempre fez questão que as filhas trabalhassem na empresa. Elas estavam na adolescência e confessam não gostavam muito de ter a obrigação de  trabalhar junto com o pai. Só que aconteceu uma tragédia na família.

Toque Eterno família

Dirceu foi assassinado dentro da empresa, praticamente na frente das filhas e dos funcionários. As meninas tiveram que amadurecer de uma hora para a outra e decidiram manter o trabalho. Em dois anos, conseguiram pagar dívidas e fazer a rescisão dos funcionários, Juliana foi trabalhar com biologia e Vanessa, mesmo estudando direito levou  a produção dos sapatinhos para casa.

Toque Eterno-Partiu Plano BQuando Juliana decidiu deixar a biologia para Partir Plano B percebeu que esse plano já existia, decidiu voltar a trabalhar com a irmã. Hoje, as duas fazem cerca de 80 sapatinhos por mês, mas esse número aumenta muito no final do ano, quando elas precisam trabalhar mais de 12 horas para dar conta das encomendas.

A galvanização consiste em deixar o sapatinho preparado para receber o banho de cobre. Elas explicam que a base é sempre em cobre, mas a peça pode ser feita em níquel, que imita prata. Mas antes da química, as empresárias capricham no preparo da peça que é bem artesanal. “O laço de um cadarço de um tênis, por exemplo, tem que estar perfeito para que o resultado final realmente encante”, diz Vanessa.

Toque Eterno- Partiu Plano B

E claro que quem trabalha com a preservação da memória e de lembranças de família sempre tem histórias emocionantes pra contar. As duas receberam um tênis de adulto para fazer. Depois ficaram sabendo que o homem que foi buscar chorou ao ver a peça porque aquele era o tênis preferido da esposa que tinha falecido.

Toque Eterno- Partiu Plano B

Tem também histórias curiosas, como o botão de rosa, lembrança do enterro do cachorro de uma família. E claro, várias rosas para metalizar depois de um show do Roberto Carlos na cidade. “Trabalhar com a emoção das pessoas é muito bom”,diz Juliana. E como cachorros já fazem parte da família as empresárias já começaram a metalizar  também sapatinhos de cachorros e outros acessórios de pets.

As dicas da Juliana e da Vanessa

– Procure ajuda do Sebrae ou de pessoas que trabalham na área em que você pretende atuar, melhor ainda se tiver a chance de trabalhar junto com essas pessoas

– Quando for sair do Plano A para o Plano B tem que estar preparado, fazer uma reserva porque é possível que você vai ficar um tempo sem receber salário

-Muita dedicação. É essencial.Você não vai ter horário certo nem sábado ou domingo. Mas quando é o teu negócio,quando você faz o que gosta você nem percebe

– Preste mais atenção no que acontece a sua volta. A gente nem percebeu que o nosso Plano B estava na nossa cara, que nosso pai estava preparando os filhos para dar continuidade à empresa que ele construiu

www.facebook.com/toqueeterno

 

 

 

21 comentários sobre “A arte de eternizar lembranças de família

  1. Me emocionei com essa história, que trabalho lindo! Não conhecia e através do seu post consegui captar toda a emoção que deve sentir a pessoa que ganha um presente desses. Muito legal elas terem continuado com o trabalho do pai. Parabéns! Beijos e sucesso pra todas!

  2. Já conheço essas duas guerreiras, e conheço a história da vida delas, pois tive o privilégio de trabalha com elas e convive com tudo que passaram, estou aqui só pra da os parabéns, pois venceram o que o destino colocou no caminho delas, me espelho muito em vocês , pois hoje tenho o sonho de ter o meu próprio negócio, e creio que com muita luta e força de vontade a gente consegue, um grande abraço pra vocês e muito sucesso.

    • Que lindo depoimento Júnior. Realmente a história da Juliana e da Vanessa é muito inspiradora. Muito jovens ainda venceram o desafio de assumir uma empresa. Tenho certeza que elas vão ficar felizes com seu depoimento

      Obrigada pela visita ao blog

    • Junior, obrigada pelo depoimento, fico feliz em saber que nossa história te traz motivação! Desejo a você e a Laís, muito sucesso e que logo possam estar caminhando com o negócio de vocês.

      • Olá Juliana. Fui licenciado da Toque de Midas em Porto Alegre, inclusive, com visita de seu pai Sr. Dirceu e esposa em meu laboratório e fiquei órfão após a morte do Sr. Dirceu. Tenho duas máquinas mas não tenho mais como contatar com a Toque de Midas para compra de químicos e outras matérias primas. Busquei por todos os meios contato inclusive em nome do Ronaldo e só hoje consegui este espaço. Desculpe se não é o mais adequado, porém é o único que encontrei e espero um retorno através do e-mail informado. Abraço

  3. OLA JULIANA PAZZINI, SOU IRLAN MANOEL DE PARAUAPEBAS, JA NOS FALAMOS ANTES POR TELEFONE. HOJE SOU FELIZ POR VOCÊ E SUA IRMÃ DAREM CONTINUIDADE A EMPRESA DO MEU AMIGO DIRCEO. TALVEZ NAO LEMBRE DE MIM, EM 2005 TIVE A HONRRA DE TRABALHAR COM VOCÊS EM UMA PARCERIA COM A TOQUE DE MIDAS AQUI NA MINHA CIDADE. ADEQUIRI NA EPOCA UMA MAQUININHA DE FOLHEAÇAO POR CONTATO E QUE PPR CINAL FOI OTIMO OS TRABALHOS Q REALIZEI COM ELA. PAREI PQ ENTREI EM UM OUTRO MERCADO CHAMADO MARKETING DE REDE ONDE ESTOU ATÉ HOJE. MAS TENHO SIM MUITA VONTADE DE VOLTAR A FAZER ESSE TRABALHO INCRIVEL EM METAIS NOVAMENTE. NAO CONHECIA ESSE OUTRO LADO DA HISTORIA Q VC CONTOU. E FICO TRISTE PELO FATO. DURANTE MUITO TEMPO PROCUREI PELA EMPRESA NOVAMENTE NOS SITES MAS, MAS SEMPRE SEM SUCESSO. HOJE LENDO SUA HISTORIA DESCOBRIR O MOTIVO. AINDA OUÇO A VOZ DO MEU AMIGO DIRCEU. PARABENS MENINAS PELA SUPERAÇAO E ATITUDE VENCEDORAS EM DAR CONTINUIDADE AO LEGADO DA FAMILIA. TO ORGULHOSO POR VCS DUAS. ME CHAMEM NO FACEBOOK… ( IRLAN MANOEL ).

    Att: Irlan Manoel

  4. Oi sou Oswaldo Barbosa e so agora tomei conhecimento do ocorrido com o Dirceu,lamemto mas tudo ocorre na sua hora,e oseu legado vai continuar,até porque era um exelente proficional e como pai não
    poderia deiuxar de ser.
    Por outro lado estou precisando de ajuda, per o meu manual de serviço e gostaria de saber da possibilidade de conseguir uma cópia, adquiri um equipamento completo em 2000 e gora estou retornando as atividadesmas estou meio perdido.
    Contando com sua colaboração desde já agradeçol
    Oswaldo Fonseca Barbosa

Deixe um comentário