Flor de Tangerina-Partiu Plano B

A administradora de empresas que também faz sabonetes

Flor de Tangerina-1- Partiu Plano B

Fazer sabonetes terapêuticos é o plano B da Ana Teresa Stasio Inoue, que é formada em comércio exterior, com mestrado em administração. Mas ela não deixou totalmente a área para se dedicar ao novo negócio. Depois de um período trabalhando na área de câmbio em um grande banco ela decidiu sair para ajudar na empresa da família. Agora faz jornada tripla. Isso mesmo! De manhã trabalha na empresa de importação de cutelaria dos pais,cuida do faturamento, do estoque, da parte financeira e de detalhes da importação de produtos como alicates de unha, cutícula e tesoura. De tarde ela vai para a empresa do marido, uma loja de peixes ornamentais onde é responsável pelos pedidos, cadastro, financeiro, atendimento ao cliente. Cansou só de ler? A Ana ainda não.

Flor de Tangerina-5-Partiu Plano B

Quando chega em casa a noite  é que ela consegue se dedicar à produção dos sabonetes terapêuticos. A Ana já fazia produtos de limpeza para usar em casa e quando viu uma tia do marido produzindo sabonetes ficou curiosa e resolveu pesquisar. Conheceu os extratos glicólicos ou extratos vegetais, que são as propriedades medicinais das plantas usadas em shampoos e cremes. Decidiu fazer sabonetes com extratos glicólicos. “Daí pesquisei sobre óleos essenciais e casei o extrato ao seu aroma. Logo, sabonetes terapêuticos”. A pequena empresa se chama Flor de Tangerina e a Ana já tem outros produtos como o aromatizador de ambientes e sais de banho.

Flor de Tangerina-2-Partiu Plano B

Flor de Tangerina-4-Partiu Plano B

Depois da aprovação de parentes e amigos, que ganharam sabonetes de presente, a Ana começou a participar de bazares e feiras. E teve que fazer estoque, claro. “Para  produzir para a Feiart  (Feira Internacional de Artesanato, que acontece em Curitiba), ia dormir depois da meia noite e acordava as 5 da manhã. E o mais bacana é que não tinha sono nem cansaço. Fiquei nesse ritmo durante três semanas”. Agora a Ana já tem um pequeno estoque, mas continua produzindo a noite e nos finais de semana.Desde que começou, no início de 2015, a Ana já  fez  cerca de 3 mil  sabonetes e já vendeu quase 2 mil. “O que mais aprendi  nas feiras é que temos que dar importância ao atendimento. Os consumidores te testam e você precisa estar pronta para todas as situações”.

Flor de Tangerina-Partiu Plano B

A Ana está entrando em um setor que tem muita concorrência.Para se destacar, ela diz que a ideia é que os sabonetes, que são de glicerina e hipoalergênicos, possam nutrir o corpo e a alma, por causa do extratos glicólicos e óleos essenciais. “Além de lavar e limpar, claro”.O mais procurado, segundo a empresária, é o sabonete de leite de cabra.”É o mais conhecido  pelas pessoas, mas quando explico a função  dos demais, elas se encantam e levam de acordo com a necessidade de cada um”.

Flor de Tangerina-6-PartiuPLano B

E se alguém tem alguma dúvida de que a Ana tem fôlego de sobra, é importante dizer que até pouco tempo ela fazia natação e participava de campeonatos de travessia, o que a levou a fazer triathlon.Agora, com tantas atividades, faz apenas musculação e alongamentos. Ufa!

 

As dicas da Ana Teresa

Acreditar
Estudar
E ser persistente

www.facebook.com/flordetangerinasabonetesterapêuticos

10 comentários sobre “A administradora de empresas que também faz sabonetes

  1. Realmente, aquela máxima do “se quiser algo bem feito é bom pedir a alguém ocupado” está bem retratada aqui. Quanto mais coisas temos a fazer, mais produtivos nos tornamos, isso é fato. Adorei a ideia dos sabonetes! Exemplo para todos, parabéns!! Beijo grande!

Deixe um comentário